Depois do deputado federal Julian Lemos, que atualmente é o presidente do PSL na Paraíba, ameaçar o deputado estadual Moacir Rodrigues (PSL) de enfrentar o Conselho de Ética da legenda, agora é o próprio Julian que corre o risco de enfrentar o Conselho. 

A suplente de deputada federal Pâmela Bório foi quem fez a ameaça. Segundo ela, alguns filiados ao PSL, partido do presidente Jair Bolsonaro, na Paraíba deverão acioná-lo por conta do 'entrevero' com o deputado Moacir, envolvendo as novas filiações 

“Acionaremos no Conselho de Ética do PSL o Gullien Charles que usa o nome falso de Julian Lemos (e assim atrasou nossas descobertas de seu passado com ações diversas, entre elas a Maria da Penha). A direita está terrivelmente envergonhada. Ofendidos, injuriados, humilhados nos bastidores, como neste áudio que esteve disseminado nas redes sociais, também podem mover processos por injúria e difamação”, disse Pâmela em publicação no Instagram. 

 

Redação

 


Saiba mais sobre Certificação Digital no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas Certificação Digital. Entre em contato através do WhatsApp (83) 9 93826000

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Governador nomeia novo procurador-geral do Tribunal de Contas do Estado

O governador João Azevêdo (PSB) já escolheu o novo procurador-geral do Ministério Público de Contas do Tribunal de Contas do Estado e a indicação recai sobre o nome de Manoel…

Bruno afirma ter apoio de vereadores de Romero para disputar PMCG

Prestes a se encontrar com o ex senador Cássio Cunha Lima (PSDB), para discutir a sucessão municipal de 2020, o ex-deputado Bruno Cunha Lima, e atual secretário-chefe do Gabinete do…