O deputado federal Julian Lemos pediu a equilíbrio político a todos que foram eleitos pelo povo para auxiliar na tomada de iniciativas diante da crise mundial provocada pela pandemia do novo coronavírus (Covid-19). O parlamentar avaliou que o momento é de estabelecer aliança, manter a união e elaborar estratégias.

Destacando ser da base do governo Bolsonaro na Câmara Federal, Julian cobrou do Governo Federal medidas imediatas para conter a grave crise de saúde pública. “É preciso adotar iniciativas impopulares para que possamos ter estrutura a curto prazo para minimizar os efeitos de uma pandemia”, analisou o deputado.

O parlamentar demonstrou preocupação com o momento econômico do país. Julian disse que a quarentena é necessária, mas que outros países como os Estados Unidos, e do Reino Unido, através de atitudes emergenciais, buscaram fortalecer aqueles que estarão impossibilitados de trabalhar durante esse período. “O governo precisa ser governo. Outros países estão tomando providências. O isolamento social tem que ser feito. (…) Eu não posso permitir que ele [o presidente Jair Bolsonaro] estimule a reabertura das escolas. Eu tenho responsabilidade social”, argumentou Julian.

O deputado federal criticou os pronunciamentos feitos pelo presidente da República que, segundo ele, entram em rota de colisão com as orientações e a linha de pensamento do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta. “Isso gera insegurança. O presidente, em seu pronunciamento, não acalmou a nação e nem deu um norte. O presidente precisa se cercar de pessoas serenas. (…) Nós precisamos hoje de um plano econômico a curto, médio e longo prazo e nós não temos”, declarou. O parlamentar acrescentou ainda que como chefe da nação, falta a Bolsonaro ponderamento. “Tem que ter equilíbrio e isso falta hoje muito ao nosso presidente”, resumiu.

 

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Projeto de Ruy que reduz salários de deputados e senadores é destaque nacional

A imprensa nacional destacou neste sábado (28) o projeto de lei do deputado federal Ruy Carneiro que prevê um corte de 50% nos salários de deputados federais e senadores durante…

Plano de retomada gradual de negócios propõe retorno de setores a partir de quarta

O deputado estadual e presidente da Frente Parlamentar de Empreendedorismo e Desenvolvimento Econômico, Eduardo Carneiro (PRTB), protocolou, na tarde desta sexta-feira (27), junto ao gabinete do governador João Azevedo, a…