Por pbagora.com.br

O deputado federal Julian Lemos pediu a equilíbrio político a todos que foram eleitos pelo povo para auxiliar na tomada de iniciativas diante da crise mundial provocada pela pandemia do novo coronavírus (Covid-19). O parlamentar avaliou que o momento é de estabelecer aliança, manter a união e elaborar estratégias.

Destacando ser da base do governo Bolsonaro na Câmara Federal, Julian cobrou do Governo Federal medidas imediatas para conter a grave crise de saúde pública. “É preciso adotar iniciativas impopulares para que possamos ter estrutura a curto prazo para minimizar os efeitos de uma pandemia”, analisou o deputado.

O parlamentar demonstrou preocupação com o momento econômico do país. Julian disse que a quarentena é necessária, mas que outros países como os Estados Unidos, e do Reino Unido, através de atitudes emergenciais, buscaram fortalecer aqueles que estarão impossibilitados de trabalhar durante esse período. “O governo precisa ser governo. Outros países estão tomando providências. O isolamento social tem que ser feito. (…) Eu não posso permitir que ele [o presidente Jair Bolsonaro] estimule a reabertura das escolas. Eu tenho responsabilidade social”, argumentou Julian.

O deputado federal criticou os pronunciamentos feitos pelo presidente da República que, segundo ele, entram em rota de colisão com as orientações e a linha de pensamento do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta. “Isso gera insegurança. O presidente, em seu pronunciamento, não acalmou a nação e nem deu um norte. O presidente precisa se cercar de pessoas serenas. (…) Nós precisamos hoje de um plano econômico a curto, médio e longo prazo e nós não temos”, declarou. O parlamentar acrescentou ainda que como chefe da nação, falta a Bolsonaro ponderamento. “Tem que ter equilíbrio e isso falta hoje muito ao nosso presidente”, resumiu.

 

PB Agora

Notícias relacionadas

Mesmo com afastamento do PSD do Governo Federal, Romero defende reeleição de Bolsonaro

Apesar do distanciamento do PSD Nacional do governo Bolsonaro, na Paraíba, o presidente estadual da legenda, o ex-prefeito Romero Rodrigues (PSD) já avisou que vai continuar defendendo a reeleição do…

Santiago diz que PTB se transformou em “filial de grupos extremistas”

O deputado federal Wilson Santiago detonou o presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson, após a sua destituição do comando do partido na Paraíba. De acordo com o parlamentar, o alinhamento…