Por pbagora.com.br

O deputado federal Julian Lemos (PSL) repercutiu nas suas redes sociais uma fala do presidente Jair Bolsonaro onde ele fala sobre as acusações sofridas pelo ex-presidente Lula no âmbito da lava-jato.

Julian declarou que não foi ele que mudou o discurso e que, de acordo com sua interpretação, o país saiu de uma “arapuca para cair em outra”.

“Eu não mudei meu discurso nem me apartei da coerência. Tudo esta dominado, saímos de uma arapuca para cair em outra, não tenho compromisso com o erro, votei nas ideias e em um conceito de país. Não sei se estamos diante de uma Venezuela, mas já estamos bem perto de termos um Hugo Chavez. Que Deus tenha misericórdia dessa nação” escreveu.

Julian ainda ressaltou que não tem compromisso com o erro, que segue coerente com suas posições e que não fará vista grossa para o que chamou de farsa.

“Pois bem, não serei eu, logo eu que nunca votei no PT e que sou coerente com minhas posições que farei vista grossa para toda essa farsa. O BolsoPetismo são lados da mesma moeda, ambos mataram a Lava Jato” sentenciou.

Em outra postagem, o parlamentar ressalta que país patina entre populismo, demagogia e corrupção e cobra equilíbrio.

“O Brasil oscila entre a corrupção, demagogia, populismo, estelionato eleitoral. Precisamos de equilíbrio, paz, prosperidade, sair do extremismo, fanatismo e vencer a pandemia, a desinformação é tão grave quanto o vírus”, emendou.

CONFIRA A PUBLICAÇÃO

Redação

Notícias relacionadas

Cida trata saída do PSB e possível ida para o PT como especulação

A deputada estadual Cida Ramos, do PSB, negou que esteja de malas prontas para o PT no intuito de disputar à reeleição para uma cadeira da Assembleia Legislativa da Paraíba…

SUSTENTABILIDADE E GARANTIAS SOCIAIS: gestão Cícero inicia preparação de JP para o futuro

O prefeito Cícero Lucena completa 100 dias de gestão neste sábado (10) num processo de reconstituição da cidade de João Pessoa, que enfrenta, assim como todo o mundo, os efeitos…