O governador Cássio Cunha Lima (PSDB) declarou nesta quinta-feira (5) que encara com tranqüilidade a possibilidade de julgamento dos embargos declaratórios contra cassação do seu mandato no próximo dia 17, conforme previu o gabinete do ministro Arnaldo Versiani, autor do pedido de vistas.


Cássio disse acreditar no efeito dos novos memoriais (resumos da defesa) que foram entregues pelos advogados aos ministros do Tribunal Superior Eleitoral. Os memorais, segundo a defesa do governador, surgiram da necessidade de esclarecer pontos que foram levantados pela própria Corte eleitoral quando da rediscussão do voto de Eros Grau, relator do caso FAC.


Entre os pontos, a existência de lei e dotação orçamentária fundamentando o programa da FAC e ainda a ausência de defesa por parte do vice-governador José Lacerda Neto (DEM). “Acredito na força da verdade”, declarou o governador ao PB Agora. Cássio teve o mandato o cassado no dia 20 de novembro quando o TSE rejeitou recurso contra decisão do TRE.

PB Agora

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Líder na ALPB diz ser contra privatização das BRs 101 e 230 na Paraíba

Em entrevista à imprensa paraibana o ex-deputado federal e líder do bloco governista o deputado estadual Wilson Filho (PTB) opinou sendo contrário, a inclusão dos trechos das BRs 101 e…

Opinião: RC vê conotação política em escritório arrombado. Acha que há mandantes

Em resposta a questionamentos da coluna, o presidente da Fundação João Mangabeira e ex-governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB), disse, na madrugada deste domingo (18), não ter dúvidas de que…