Por pbagora.com.br
Foto: reprodução

Na noite deste sábado (31), a juíza Cláudia Evangelista Chianca Ferreira de França  determinou a retirada do ar da propaganda do ex-presidente Lula (PT) no guia do candidato Ricardo Coutinho (PSB). A magistrada acolheu pedido da coligação “A Cidade no Ritmo Certo”, liderada pelo PSDB, que tem Ruy Carneiro como candidato.

A juíza argumenta que a fala de Lula ultrapassa o limite de 25% do tempo, dedicando quase a totalidade da fala ao petista, o que é vedado pela lei eleitoral. a não retirada do vídeo acarretará em multa diária de R$ 500,00.“O conteúdo dedicado à exposição de apoiadores ultrapassou o percentual legal de 25% (vinte e cinco por cento) do tempo de sua fala. No áudio em anexo, resta comprovado que a propaganda sequer veicula a fala do candidato Representado, dedicando quase totalidade do seu tempo, ao depoimento do ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva”, explicou.

VEJA DECISÃO

Para a magistrada, a fala do apoiados, no caso o ex-presidente da República, retira tempo de aparição do candidato, Ricardo Coutinho. “Retira o protagonismo que deve ser imposto aos candidatos, contrariando de maneira visível à legislação eleitoral”, diz o trecho da decisão.

 

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Ana Claudia está de volta à equipe do 1° escalão do governo João

O governador João Azevêdo (Cidadania) promoveu o retorno de Ana Claudia Vital do Rêgo (PODE) à sua equipe de governo, na função de Secretário de Estado do Desenvolvimento e da…

Ruy: “Imunizar a população deve ser a prioridade para garantir retomada econômica”

O deputado federal Ruy Carneiro participou da sessão deliberativa que aprovou, nesta quarta-feira (2), a MP 994/20, que destina R$ 1,99 bilhão para o Ministério da Saúde, para a compra…