Por pbagora.com.br

A juíza Frana Elizabeth Mendes, da 26ª Vara Federal do Rio, concedeu liminar que destina para o combate à epidemia do novo coronavírus os cerca de R$ 2 bilhões do Fundo Especial de Financiamento de Campanha.

O dinheiro, de acordo com o orçamento, seria usado pelos partidos na eleição deste ano. A juíza determinou que o presidente da República, Jair Bolsonaro, e o presidente do Congresso Nacional, Davi Alcolumbre, decidam sobre a alocação dos recursos. Caso eles não tomem a decisão até amanhã, a própria Justiça determinará o destino da verba.

A decisão foi dada na última sexta-feira em ação popular movida por Sérgio Antunes Lima Junior. Na sentença, a juíza determina que a decisão do Congresso Nacional deve ser tomada em sessão realizada pelo plenário virtual.

Uma consulta ao site da Justiça Federal mostrou que a Advocacia-Geral da União entrou hoje com um recurso contra a decisão.

Veja a decisão:

DECISÃO LIMINAR FUNDO PARTIDARIO.pdf

Redação com CNN

Notícias relacionadas

MPF aponta que superfaturamento do caso Desk teria ido do governo Maranhão ao de RC

Após o Ministério Público Federal ter denunciado nessa quinta-feira (6), os ex-secretários de Educação da Paraíba, Francisco Sales Gaudêncio e Afonso Celso Caldeira Scocuglia por suposto envolvimento em esquema de…

CPI: ministro ratifica que população acima de 18 anos será vacinada até o fim do ano

O ministro da Saúde Marcelo Queiroga voltou a reafirmar que até o final deste ano toda a população brasileira acima de 18 anos estará vacinada contra a covid-19. A Fala…