Por pbagora.com.br

O professor Américo, que disputa a presidência do PPS em João Pessoa, conseguiu, através de liminar, expedida pelo juiz plantonista da 5a Vara da Fazenda Pública, Algacyr Rodrigues Negromonte, a suspensão do Congresso da legenda que acontece nesta quinta-feira (31), no Hotel JR, no centro de João Pessoa.

O magistrado entendeu que não foi dada a devida publicidade ao edital de convocação para eleição, impedindo assim que os filiados tomassem conhecimento da eleição.

"A convocação por pessoa ilegítima poderá acarretar sérios danos aos filiados e aos eventuais candidatos, ante a previsão estatutária de os Diretórios serem considerados empossados automaticamente, logo após a proclamação do resultado. Portanto, presentes os requisitos que autorizam a concessão de tutela antecipada", diz o juiz em sua decisão.

 

VEJA O DESPACHO

 

""

 

 

""

 

 

""

 

 

""

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Redação

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Opinião: Nilvan surpreendeu chegando ao segundo turno, mas JP seguiu sua linha progressista e Cícero venceu

A leitura é simples e cristalina. Vence um pleito para uma eleição majoritária quem obtém o maior número de votos. E assim foi Cícero Lucena (PP). Havia um candidato de…

Senador defende chapa majoritária em 2022 com Daniella ou Aguinaldo

Pelas projeções do senador Diego Tavares (Progressistas), a participação da senadora Daniella Ribeiro ou do deputado federal Aguinaldo Ribeiro em uma chapa majoritária para disputar o Governo do Estado em…