A Paraíba o tempo todo  |
PUBLICIDADE

Juiz acata recurso e suspende cassação de mandato do prefeito de Dona Inês

Um prefeito de volta ao cargo. O juiz Osenival dos Santos Costa acatou recurso e suspendeu a cassação do mandato do prefeito de Dona Inês, Antônio Justino. A decisão foi tomada nesta quarta-feira (3) após o presidente da Câmara Municipal de Dona Inês, José Marcos Rodrigues, cassar o mandato do gestor em decisão monocrática, sem consulta aos demais vereadores.
A cassação se deu, segundo consta no Diário Oficial do Estado (DOE), devido a uma ação eleitoral que tornou Antônio Justino inelegível a contar a partir de agosto do ano passado (2023).

O prefeito Antônio Justino recorreu à Justiça e ingressou com um mandado de segurança contra o ato de cassação apresentado pelo presidente da Câmara. No mandado, a defesa do prefeito alegou que “a inelegibilidade apenas produzirá efeitos a partir do pleito de 2024.”

“Alega o impetrante que seu afastamento do cargo se deu de maneira ilegal, pois não houve observância do devido processo legal”, argumenta a defesa na ação,  na qual pediu a suspensão dos efeitos da cassação até o julgamento final do mandado de segurança.

 

Redação

 

    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe