A Paraíba o tempo todo  |

Jornalista Heron Cid é homenageado com título de cidadania pessoense

A Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP) concedeu, na manhã desta sexta-feira (3), o Título de Cidadão Pessoense ao jornalista Heron Cid César Soares Madrid. A honraria foi uma propositura do vereador Bosquinho (PV) e a solenidade aconteceu no plenário Senador Humberto Lucena. Familiares, amigos, parceiros profissionais e empresários da área de Comunicação lotaram as galerias da Casa para homenagear o jornalista.

O presidente da CMJP, vereador Dinho (Avante), presidiu a solenidade, que foi secretariada pelo propositor da honraria, vereador Bosquinho (PV). Também participaram do evento os vereadores Thiago Lucena (PRTB), Tarcísio Jardim (Patriota), Marcos Henriques (PT), Marmuthe Cavalcanti (Republicanos) e Fabíola Rezende (PSB). Na ocasião, foi exibido um vídeo com imagens do cotidiano do homenageado e com depoimentos de amigos e colegas de profissão.

O propositor da honraria fez um breve relato sobre a jornada de vida do homenageado, desde seu nascimento em Marizópolis, então distrito de Sousa, no interior da Paraíba, até sua exitosa trajetória profissional nos veículos de Comunicação da Capital paraibana. “Essa está sendo uma sessão prestigiadíssima dado ao reconhecimento do homenageado. Temos a função de fiscalizar e legislar, mas também de escrever a história de nossa cidade que é feita por gente como você, Heron Cid. A cidade de João Pessoa pede licença a Marizópolis para dizer que você também é um filho nosso. Heron Cid continue informando de forma correta e com ética a nossa população”, discursou Bosquinho.

A senadora Daniella Ribeiro (PSD-PB) revelou que ele foi o primeiro jornalista a quem contou sobre sua candidatura a senadora por confiar na sua postura ética e profissional. “Dentro da imprensa paraibana você é um dos que mais se destaca pela postura correta e de confiança, com um olhar humano e cristão. Dá uma paz que a gente se sente segura para conversar. Você é referência para todos os jornalistas paraibanos”, enfatizou.

A deputada estadual Pollyanna Dutra (PSB) exaltou o trabalho do homenageado para dar visibilidade ao sertão paraibano e na forma de fazer um jornalismo baseado na informação de qualidade com ética e correção. Já o deputado federal Julian Lemos (União Brasil-PB) destacou que o agraciado é o que todo jornalista deveria ser: um profissional independente, de credibilidade, que eleva a categoria e enobrece a profissão. Por sua vez, a vereadora Fabíola Rezende externou sua admiração pelo jornalista  homenageado que exerce sua profissão com respeito e competência.

O vereador Tarcísio Jardim (Patriota) parabenizou Bosquinho pela propositura e Heron Cid pelo comprometimento com o jornalismo sério e imparcial. “Parabéns pela postura que tem no jornalismo, por como aborda os fatos, como traz seu modo de pensar na política, sem tendenciar para nenhum dos dois lados. Parabenizo a todos que vieram homenageá-lo, essa casa cheia é o significado do seu carisma. É motivo de orgulho ver essas galerias cheias. É motivo de orgulho para a cidade e para o estado ter um representante do jornalismo como você”, elogiou.

Também subiu à tribuna, a esposa do homenageado, a jornalista Marly Lúcio, que se disse lisonjeada e grata, não só como esposa, mas também como companheira de profissão. “Gratidão por essa homenagem. Agradeço a toda família e aos amigos que prestigiam essa solenidade. Heron, você enche de orgulho a todos que compartilhamos sua trajetória. Chegou a cidade com as mãos vazias e os bolsos secos, mas com o coração cheio de sonhos e coragem para enfrentar os desafios e vencer na vida. Hoje recebe esta homenagem e orgulha toda sua família”, ressaltou.

O presidente do Sindicato dos Jornalistas Profissionais da Paraíba (Sindjor-PB), Land Seixas, relembrou a trajetória profissional do homenageado e a competência exercida na caminhada. O presidente da Associação Paraibana de Imprensa (API), Marcos Wéric, ressaltou o exercício da profissão pelo homenageado sempre de maneira reta. “Parabéns por essa homenagem. É uma alegria imensa ser seu colega e amigo. Estou sempre à disposição para que a gente possa juntos lutar por melhorias e por reconhecimento da nossa profissão”, declarou o presidente da API.

O pastor Rômulo Pinheiro afirmou que teve o privilégio de acompanhar de perto o trabalho de Heron e a relação dele com a família. “Essa é uma homenagem mais do que justa. Você é um cara iluminado. Deus de fato te escolheu para fazer a diferença no lugar onde ele te colocar. E é o que tem acontecido. Que você nunca se desvie do caminho. Sei que é apenas o começo do que Deus vai fazer com você e através de você”, destacou.

Marizete Soares, mãe do homenageado, agradeceu a honraria concedida ao filho e ressaltou a felicidade e a realização pelo reconhecimento dado. “Somos orgulhosos pelo bom trabalho exercido e pelo bom filho que é e sempre foi”, declarou.

Homenageado agradece a honraria

Heron Cid fez um resgate poético e emocionado da partida de sua cidade natal e de todos os desafios encontrados nas jornadas de estudos e profissionais desenvolvidas na Capital paraibana. Ele ainda agradeceu os parlamentares pela honraria e os familiares, colegas de profissão e amigos pela presença na Casa Napoleão Laureano, local representativo para o homenageado, por ter sido palco do início de sua trajetória como repórter.

“Vinte anos depois daquele dia que cheguei com os pés feridos e cansados de andar a légua tirana, posso hoje dizer bem alto, de coração aberto, cabeça erguida e de bem com a vida: continuo sendo o mesmo rapaz latino-paraibano, sem dinheiro no banco, mas com a conta milionária de amigos. Sem parentes importantes, mas com uma família especial e numerosa para chamar de minha e vindo do interior. João Pessoa, se eu já era perdida e achadamente teu, agora mais do que nunca, tu és também inteira e ensolaradamente minha. Aceito essa pública aliança e declaro que esse nosso longo noivado e feliz convivência, inquebrantável respeito e amor agora é casamento. Até que a morte nos separe”, declarou.

O homenageado afirmou que compartilha essa homenagem com muitas pessoas que, assim como ele, saíram do interior para se estabelecerem na Capital. “Esta solenidade é uma ode a milhares de pessoenses como eu que não tiveram a sorte de aqui nascer, mas encontraram a felicidade de aqui viver. Gente que não tem certidão de nascimento, mas que é pessoense por apaixonado sentimento e voluntário pertencimento. Portanto divido com humildade esta cidadania com toda nossa gente anônima, que nunca, talvez, terá o privilégio de experienciar a alegria pública que estou vivendo agora. E nem por isso essa gente anônima deixa de sentir todo dia o orgulho de ter endereço, vida e coração fincados nesse solo que germina qualidade e bem-estar”, enfatizou.

Heron Cid César Soares Madrid é natural de Sousa, no Sertão da Paraíba, mas viveu toda sua infância e adolescência em Marizópolis, que era distrito daquele município. A entrega do título coincide com os 20 anos da chegada do jornalista à capital paraibana. Em junho de 2002, o jornalista chegou à Capital paraibana para cursar Jornalismo na Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Aos 13 anos, inspirado pelo vínculo do pai com a profissão, iniciou no serviço de som da cidade de Marizópolis. Heron Cid também é empresário e fundador do Portal MaisPB. Atualmente, gere o Blog Heron Cid, de análises e bastidores políticos, e também criou e apresenta o programa Hora H, na Rede Mais Rádio, uma cadeia autônoma formada por 25 emissoras de toda Paraíba, de segunda a sexta-feira, das 18h às 19h.

 

Da Redação com Assessoria

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe