O governador João Azevêdo (PSB) voltou a ser questionado na manhã desta sexta-feira (31) sobre um possível rompimento com o ex-governador Ricardo Coutinho (PSB) e da mesma forma, voltou a negar qualquer estremecimento.

De acordo com João as pessoas quando se apegam a um assunto só falam sobre ele e procuram coisas absurdas, até onde elas não existem.

O governador minimizou por exemplo os comentários que confirmavam o rompimento por conta dos locais em que ele e RC se sentaram durante o jogo Botafogo-PB x Fortaleza.

João explicou que ambos estavam com suas famílias em um evento esportivo, de lazer, não era evento oficial e por isso não havia necessidade dos dois estarem exatamente um ao lado do outro.

"As pessoas começam a ver coisas absurdas. O ex-governador chegou ao Almeidão com toda a família, sentou em uma fila e eu sentei exatamente atrás também com minha família, com meu filho, neto e genro. É óbvio que não sentaríamos juntos. Estávamos cada um com suas famílias. Não era uma solenidade oficial, era um jogo de futebol. As pessoas gostam de analisar tudo, estávamos torcendo pelo mesmo time" declarou.

Ele explicou ainda que o rompimento pode interessar a alguns, mas que não aconteceu.

"Essa questão de rompimento talvez interesse até a alguns e eu sei disso, mas não é o que tem acontecido na prática" concluiu.

PB Agora

 


Certificado digital mais barato para advogados e contadores. Clique e saiba como adquirir

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Em evento com policiais em SP, Jair Bolsonaro é exaltado e Doria, vaiado

O presidente Jair Bolsonaro e o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), que estão com as relações estremecidas, dividiram nesta sexta-feira, 11, o mesmo palco durante cerimônia de formatura…

Luciano Cartaxo leva “puxão de orelhas” em público de Damião durante encontro

Um encontro em Brasília entre o prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PV) e bancada paraibana no Congresso Nacional, na última terça-feira (8),  resultou num puxão de orelha para o…