Já está tramitando na Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP) projeto de indicação ao Poder Executivo do vereador Geraldo Amorim (PDT) que solicita a criação da Secretaria Municipal de Políticas Públicas Sobre Drogas no âmbito do município. A nova secretaria teria o objetivo de estudar, pesquisar e adotar medidas que possibilitem ao poder público a disponibilização para a comunidade de mecanismos e recursos eficazes e suficientes para evitar a dependência química e o seu tratamento.

Ela deverá atuar em consonância com o Conselho Municipal Antidrogas, Caps e outras secretarias, no sentido de promover políticas públicas apropriadas. Geraldo Amorim lembra que o problema das drogas tem afligido a população, sobretudo um grande número das famílias brasileiras que, desprovidas de maior sorte e vitimadas pelo flagelo da droga, sofrem duplamente o problema.

Para Amorim, a atuação do poder público em todas as suas esferas é de primordial importância para o combate dos mais variados problemas sociais, destacando-se o problema do uso de drogas e o conseqüente flagelo da dependência química. O vereador lembra que o governo federal dispõe de programas de prevenção às drogas, criando convênios, disponibilizando recursos financeiros, capacitando profissionais.

“Essa secretaria teria amplas condições de apresentar ao governo central as necessidades do nosso município, levando aos seus dirigentes o desenho detalhado do problema”, finaliza Amorim.
 

Assessoria

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

RC reage a abordagem sobre Calvário e defende direito do MP investigar

Na manhã desta segunda-feira (23), no momento em que chegava a uma universidade particular de João Pessoa, para proferir uma palestra, o ex-governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB) foi interpelado…

João minimiza renúncia de filiados de cargos no PSB e volta a culpar dissolução

“As pessoas se sentiram, efetivamente, desprestigiadas dentro do partido, e isso é consequência”. A declaração foi dada na tarde desta segunda-feira (23) pelo governador da Paraíba, João Azevêdo (PSB) ao…