Por pbagora.com.br

O Diário Oficial da Paraíba trouxe nesta sexta-feira, 17, a determinação do governador João Azevêdo sobre a exoneração da servidora Georgiana Maria Pinheiro Cruz, esposa do presidente do Tribunal de Contas da Paraíba, Arnóbio Alves Viana, e era assistente técnica da Secretaria de Planejamento e Gestão, comandada até recentemente por Waldson de Souza, preso na sétima fase da operação Calvário.

Georgiana foi citada na delação de Livânia Farias como responsável por levar R$ 50 mil que teriam sido usados para “convencer” conselheiros do Tribunal de Contas do Estado (TCE) a aprovarem contas do ex-governador Ricardo Coutinho (PSB).

PB Agora

Notícias relacionadas

“Não é hora de querer aparecer, mas de ajudar”, diz deputada do PP criticando Bolsonaro pela condução da pandemia

A forma como o presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido) vem lidando com questões relacionadas à pandemia do coronavírus foi criticada pelas deputada estadual, Dr. Jane Panta (PP). Em…

“Visões diferentes serão respeitadas”, diz Vené sobre futuro do MDB

O Senador Veneziano Vital do Rêgo (MDB-PB) será o novo presidente do MDB da Paraíba. A decisão foi tomada de forma participativa e consensualizada pelas principais lideranças que integram o…