O Diário Oficial da Paraíba trouxe nesta sexta-feira, 17, a determinação do governador João Azevêdo sobre a exoneração da servidora Georgiana Maria Pinheiro Cruz, esposa do presidente do Tribunal de Contas da Paraíba, Arnóbio Alves Viana, e era assistente técnica da Secretaria de Planejamento e Gestão, comandada até recentemente por Waldson de Souza, preso na sétima fase da operação Calvário.

Georgiana foi citada na delação de Livânia Farias como responsável por levar R$ 50 mil que teriam sido usados para “convencer” conselheiros do Tribunal de Contas do Estado (TCE) a aprovarem contas do ex-governador Ricardo Coutinho (PSB).

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Romero recebe lideranças do PSD de vários municípios para tratar das eleições

O prefeito Romero Rodrigues, na condição de presidente estadual do PSD, continua em sua maratona de contatos com lideranças de todo o Estado, na agenda programado do projeto “Dialogando com…

Ex-deputada estadual filia-se ao Avante para disputar prefeitura de Bayeux

Com as eleições municipais batendo à porta, as articulações já se desenham e estratégias estão sendo colocadas em prática. Nessa terça-feira (18), visando justamente a disputa à prefeitura de Bayeux,…