Pretenso candiato ao governo do Estado em 2018, e homem de confiança do governador Ricardo Coutinho (PSB), o secretário de Recursos Hídricos da Paraíba, João Azevedo, a presença do PMDB  na chapa majoritária para viabilizar o projeto de continuidade do PSB no Estado,não é condição única para manutenção da aliança.

 

Em entrevista a Rádio Correio FM, ele ressaltou que, caso o partido de José Maranhão queira se aliar, será bem-vindo, assim como outros.

 

– Se o PMDB entender que esse projeto é importante, será muito bem-vindo. É isso que estamos colocando e que vai ser posto no devido tempo para discussão. Se o PMDB quiser participar junto com a gente, será um prazer, mas não é uma condição única. Evidentemente tem outros partidos que hoje já compõem a base do governo e que vão manter esta união para 2018 – disse o secretário.

 

A declaração de Azevedo foi dada um dia após o senador Raimundo Lira defender a aliança do PMDB com o PSB com o senador José Maranhão encabeçando a chapa majoritária. Pela tese de Lira, o secretário João Azevedo estaaria fora da disputa pelo Palácio da Redenção.

 

“Esse é o plano A, que eu venho defendendo há cerca de um ano, inclusive já comuniquei sobre essa decisão ao governador Ricardo Coutinho – colocou Raimundo Lira.

 

 

PB Agora

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Julian pede para Moacir deixar o PSL: “Eu ajudo ele a sair. É um zero negativo”

A briga interna dentro do PSL paraibano parece não ter fim e mais uma vez o deputado federal e presidente estadual do PSL, Julian Lemos foi enfático ao pedir que…

2020: deputado aliado de João defende a unificação da oposição em CG

Pré candidato a prefeito de Campina Grande, o deputado estadual Inácio Falcão (PCdoB), defendeu, nesse fim de semana, a unificação da oposição para enfrentar o candidato a ser apresentado pelo…