O Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) foi criado no segundo governo de José Maranhão e se depender do Executivo deverá ser instalado até o final do atual governo.

O novo órgão de fiscalização das contas públicas dos municípios paraibanos deve diminuir os poderes do Tribunal de Contas do Estado (TCE).

Caso ocorra a instalação, o governador José Maranhão (PMDB) será o responsável pela nomeação dos quatro representantes da Assembleia Legislativa, além de outros da parte do governo do Estado.

Esta semana, surgiram informações de que a proposta de criação que é de 92, deva voltar à Assembleia Legislativa para que os parlamentares apreciem a instalação do TCM.

O deputado João Gonçalves disse que vai aguardar a chegada da matéria antes de qualquer comentário sobre o conteúdo, mas adiantou sua posição “a discussão é de escolha. É de como e o quê fazer. Eu vou aguardar que ela chegue, se é que ela vem. Inicialmente me porto de forma contrária, é preciso que me convençam e me mostrem os pros e contras, nesse instante, para que eu possa continuar com a minha posição”, disse.
 

 

 

Assessoria

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Prefeito de Patos diz que vai diminuir distância com o legislativo e que não vai ‘abrir caixa preta’ da gestão anterior

O comando da gestão municipal da morada do sol – Patos, Sertão Paraibano – voltou às mãos de um profissional da saúde. Depois do médico Dinaldinho Wanderley (PSDB), que está…

João anuncia a Delegacia de Roubos e Furtos de Patos e a de Combate à Corrupção

O governador João Azevedo anuncia, em solenidade na próxima terça-feira, às 10h00, na sede da Acadepol, a criação da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos na cidade de Patos-PB e…