Após protestos de motoristas alternativos que paralisaram pelo menos seis trechos nas rodovias federais que cortam o Estado da Paraíba, nesta terça-feira (06), o governador João Azevêdo (PSB) conversou com os motoristas e se comprometeu a acionar os secretários para avaliar quais medidas podem ser tomadas para minimizar os prejuízos de uma lei federal que amplia a punição para quem transportar passageiros de forma irregular.

Os manifestantes abordaram o governador João Azêvedo na sede do Departamento de Estradas e Rodagem (DER) para apresentar a pauta de reivindicações.

Os motoristas pediram que o governo entre as permissões para quem está devidamente cadastrado no DER e para quem não tem essa permissão, que seja dado um prazo, até dezembro desse ano, para se regularizar a situação

João lembrou que a Paraíba tem uma lei que vai ser cumprida, mas ressaltou que o que compete ao governo federal, não terá como reverter, já que ultrapassa as atribuições do Estado.

Após esse diálogo, ficou acordado que as rodovias serão liberadas.

 

PB Agora

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Análise: prefeita do Conde faz pacto com “Drácula” e contrata empresas investigadas pela Calvário

O Calvário é mencionado em todos os quatro evangelhos quando relatam a crucificação de Jesus. Mas não é esse episódio bíblico que vou tecer comentários. O Gólgota em discussão está…

Conversa entre Tovar e Romero deve bater martelo sobre retorno de tucano à PMCG e vacância na ALPB

O deputado estadual Tovar Correia Lima (PSDB), comentou em entrevista a uma emissora de Campina nesta segunda-feira (21), a especulação de que assumiria uma secretaria na gestão do prefeito Romero…