Após protestos de motoristas alternativos que paralisaram pelo menos seis trechos nas rodovias federais que cortam o Estado da Paraíba, nesta terça-feira (06), o governador João Azevêdo (PSB) conversou com os motoristas e se comprometeu a acionar os secretários para avaliar quais medidas podem ser tomadas para minimizar os prejuízos de uma lei federal que amplia a punição para quem transportar passageiros de forma irregular.

Os manifestantes abordaram o governador João Azêvedo na sede do Departamento de Estradas e Rodagem (DER) para apresentar a pauta de reivindicações.

Os motoristas pediram que o governo entre as permissões para quem está devidamente cadastrado no DER e para quem não tem essa permissão, que seja dado um prazo, até dezembro desse ano, para se regularizar a situação

João lembrou que a Paraíba tem uma lei que vai ser cumprida, mas ressaltou que o que compete ao governo federal, não terá como reverter, já que ultrapassa as atribuições do Estado.

Após esse diálogo, ficou acordado que as rodovias serão liberadas.

 

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Presidente do PSD/CG ainda paquera com prorrogação de mandato

Titular de mandato, o vereador João Dantas, que também é o atual presidente do PSD em Campina Grande, não esconde o desejo de ver o adiamento das eleições desse ano…

Zennedy Bezerra desiste de candidatura para atuar contra o coronavírus na PMJP

O combate ao Covid-19 fez com que o secretário Zennedy Bezerra (PV) desistisse de deixar seu cargo na Secretaria de de Desenvolvimento Urbano de João Pessoa. Por lei, o secretário…