Por pbagora.com.br

Jingle de RC atropela Cássio e ignora os seis anos da gestão do tucano a frente do Governo da Paraíba; letra diz que a Paraíba em nada mudou

Jingle de Ricardo destrói gestão Cássio Cunha Lima

Os seis anos da gestão de Cássio Cunha Lima (PSDB) foram atropelados no jingle da campanha de Ricardo Coutinho (PSB). “Só a vez da Paraíba é que ainda não chegou!”

 

A música relata que o progresso chegou aos estados de Pernambuco, Ceará e Rio Grande Norte.

-Pernambuco já mudou. O Ceará também mudou. E o Rio Grande do Norte também já mudou. Só a vez da Paraíba é que ainda não chegou! – diz o refrão da peça publicitária que vai embalar a campanha oposicionista.

O refrão desmonta o discurso de Cássio e Efraim que estiveram juntos a frente do Governo da Paraíba nos últimos seis anos. Ou seja, se a Paraíba não mudou, a culpa é de Cássio e seus aliados. De quebra, o refrão também acaba por ignorar os esforços do senador Cícero Lucena (PSDB), aliado de Cássio e autor de matérias que engradeceram a Paraíba nos últimos anos.

A peça publicitária lembra o estilo paulista de produzir jingles eleitorais. Nada comparado com a batida frenética do cantor Capilé, responsável pelas músicas de Cássio em 2002 e 2006.

 

 

 

PB Agora

Notícias relacionadas

Covid-19: deputado paraibano responsabiliza Ministro da Saúde pela falta da 2ª dose

  O Deputado Estadual Anísio Maia, durante a 11ª sessão remota, da Assembleia Legislativa da Paraíba, culpou o Ministro da Saúde Marcelo Queiroga e o Governo Federal pela falta de…

Aprovado projeto que garante R$ 2 bi para auxílio e projetos culturais

A Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (21) o Projeto de Lei 795/21, do Senado, que reformula a Lei Aldir Blanc e prorroga prazos de utilização de recursos repassados a…