O deputado estadual Jeová Campos (PSB) voltou a refirmar nesta semana, que não pretende pleitear novamente uma cadeira na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), nem muito menos a prefeitura de Cajazeiras, nestas eleições municipais. O parlamentar destacou, no entanto, que se uma oportunidade de disputar o cargo de deputado federal surgir, disputará a eleição.

Questionado pela imprensa ontem (11), se essa sua decisão já estaria madura e caso ocorra, quem assumiria seu posto dentro do seu grupo políticos ele disse: “Sim, não sou mais candidato (ALPB)”, disse destacando o mesmo sobre a prefeitura de Cajazeiras: “Está descartada a minha candidatura [em Cajazeiras]”, comentou Jeová.

Para seu lugar é especulado o nome do seu irmão, Marcos Campos que já foi duas vezes vice-prefeito de São José de Piranhas. Inclusive seu irmão Marcos, mudou recentemente seu domicilio eleitoral para Cajazeiras. “Marcos vem sendo lembrado para concorrer à prefeitura, mas também como meu sucessor na Assembleia. Isso ainda será discutido”, afirmou Jeová.

SOBRE 2023 – “Em 2023 eu voltarei a ministrar aula na Universidade Federal em Sousa. Três mandatos de deputado estadual para mim é suficiente. Eu não voltarei para a Assembleia. Eu também não vejo a necessidade de ir para Brasília. Agora, se uma contingência política me conduzisse a esse caminho [eleição para deputado federal], claro que eu iria. Eu como cidadão vou morrer fazendo política”, disse Jeová.

Redação

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Efraim Filho assegura recursos para estados e municípios em meio à Covid-19

Arrecadação vai cair e soluções é ampliar participação da União no FPM e FPE O espraiamento do novo coronavírus, a Covid-19, terá efeitos “nefastos” sobre a economia, impactando na redução…

Manoel Jr desiste da disputa pela PMJP e mira Pedras de Fogo

O vice-prefeito de João Pessoa, Manoel Júnior, atual presidente do Solidariedade na Paraíba, declinou da disputa pela prefeitura da Capital, nas eleições desse ano para voltar todos os seus esforços…