A Paraíba o tempo todo  |
CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

Janduhy critica veto do Governo a projeto sobre atendimento a autistas

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

O deputado Janduhy Carneiro (Podemos) criticou, nesta quarta-feira (28), o Governo do Estado por vetar o Projeto de Lei 1.350/2017, de autoria do deputado estadual Bruno Cunha Lima (PSDB), que determinava a inserção do símbolo mundial do autismo nas placas que sinalizam atendimento prioritário em estabelecimentos públicos e privados na Paraíba.

Da tribuna da Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP), de onde estão sendo realizadas as sessões da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), o deputado disse que o veto causou revolta entre pais e entidades de autistas. O parlamentar falou que o Estado menospreza a importância do PL.

“O Governo do Estado ainda não calculou a dimensão exata da comunidade autista da Paraíba ao ignorar a necessidade do símbolo autista nos estabelecimentos públicos e privados no estado. Em vez de analisar com sensibilidade a justa causa e rever a medida do veto ao projeto apresentado na Assembleia, os setores do governo se revezam em atribui-lo como sendo um projeto inconstitucional ou a prestar contas de assistências aos portadores da síndrome. O autista não entende regras sociais, não consegue ficar em lugar fechado ou com muita gente. Porém, não existe uma característica física que demonstre a deficiência, então muitas vezes as pessoas julgam a criança, quando na verdade ela está reagindo a uma situação com a qual ela não sabe lidar”disse o deputado.

Janduhy Carneiro lamentou que a disputa política esteja acima dos interesses públicos e do bem-estar social. O parlamentar ainda sugeriu que os deputados estaduais se sensibilizem com esta causa e suprapartidariamente derrubem o veto do governador.

“Em nada vale desqualificar o autor do projeto, o deputado Bruno Cunha Lima. Não importa quem apresenta o PL se de oposição ou situação, mas se o Projeto de Lei é importante para o Estado para beneficiar a população, isso é o que deve ser analisado. As dificuldades enfrentadas pelos responsáveis são diárias. É uma necessidade dos autistas porque muitos locais não têm tolerância com as pessoas portadores do autismo. O projeto seria um avanço e lamento que tenha sido vetado. Sugiro que a gente se una para derrubar essa medida do governo.”, falou o deputado Janduhy Carneiro.

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe