O deputado federal Jair Bolsonaro(PSL-RJ)  decidiu se dedicar ao Nordeste nesse mês de junho. A região chama atenção do Brasil por conta das festas juninas, que seguem até o final do mês, com destaque para os eventos em Campina Grande(PB) e Caruaru(PE).  Nessa quinta-feira, 21, ele estará em Campina Grande para uma série de eventos. Ainda na quinta-feira, ele seguirá a cidade de Patos( em torno de 200 km de Campina Grande). Ele deverá voltar a segunda maior cidade da Paraíba, onde no dia 22, sexta-feira, visitará o Parque do Povo, um centro de eventos onde se realiza o “Maior São João do Mundo”, como dizem os paraibanos e muitos nordestinos.

“O Nordeste não é da esquerda. As pessoas gostavam de votar em Lula, agora sem ele, esses votos estão soltos”, disse Julian Lemos, vice presidente nacional do Partido Social Liberal(PSL) e coordenador da pré-campanha presidencial do deputado Jair Bolsonaro no Nordeste.  Lembrado que a maioria das pesquisas até o momento feitas no Nordeste mostra que a liderança do presidenciável, com a exclusão do ex-presidente Lula com a iminência de um declaração de impedimento eleitoral – não se repete no Nordeste, com destaque para a presidenciável da Rede Sustentabilidade, Marina Silva, ele retrunca.

“ Toda disputa tem o perfil do seu comandante.  Os eleitores da Marina são como ela, não aparecem. Somem.  Não vejo esse eleitorado”, disse Julian Lemos, salientando sua incredulidade com as pesquisas que apontam nesse favoristismo de Marina. “É muito questionável”, disse o político. 

Ele entende que as palavras “direita brasileira” não tem mais a conotação negativa do passado, avalia que o eleitorado do Nordeste não é de esquerda, tem uma simpatia pelo ex-presidente Lula e que o eleitorado que antes votava no PSDB e em outros partidos de centro tendem a votar em Bolsonaro.

 

""

“ O que está acontecendo com o eleitorado de São Paulo, que no lugar de Alckimin está com Bolsonaro, está se dando aqui, também”, disse Lemos.  O coordenador de Bolsonaro informou que os eventos em torno de Bolsonaro não são exclusivo de seu partido, o PSL, é uma organização do “Direita Paraíba”.   Julian Lemos confirmou que na quinta-feira, 28, ele irá ao Ceará, precisamente a cidade de Fortaleza.  O Ceará é a terra política do presidenciável Ciro Gomes, do PDT.

Programação

Deputado Jair Bolsonaro deverá chegar à Campina Grande às 15 horas dessa quinta-feira, 21.  Segue para a Praça da Bandeira, no Centro da cidade, onde participará de uma manifestação. 

Às 17h 30, ele deverá participar de uma palestra sobre temas gerais na sede do clube da Associação Atlética Banco do Brasil(AABB).

A partir das 19 horas, ele deverá seguir para a cidade de Patos, onde será recebido pelo prefeito Nabor Wanderley. Em evento no centro da cidade, que fica a 200 km de Campina Grande, ele vai fazer parte de uma nova manifestação de apoio.    Ele deverá voltar a Campina Grande, onde deverá descançar e passar a noite.  Ele ficará na cidade até o dia 22 de junho, sexta-feira. 

Ele visitará o Parque do Povo num momento de críticas sobre a condução da festa pelo governo municipal.  Ele deverá retornar ao Rio de Janeiro no sábado, 23 de junho, pela manhã.

Momento de baixa no Parque do Povo

Em plena semana alusiva ao São João, que se comemora no dia 24 de junho – vem se espalhando novos vídeos de pessoas que foram visitar o Parque do Povo e evidenciaram a pouca visitação por parte dos campinenses e turistas na festa.

Num dos vídeos uma pessoa lembra que apesar de estar a poucos dias das principais datas da festa, o Parque do Povo esteve praticamente esvaziado. Veja: https://youtu.be/AiiR8XatcHM .  Semana passada a promessa de alguns comerciantes fecharem as portas no Parque do Povo foi cumprida, assim como programado, na última, sexta-feira ,15, no “Maior São João do Mundo”. Nas redes sociais a que a Política Real teve acesso, vídeos mostram um grupo protestando contra a empresa organizadora do evento e outro retrata as barracas fechadas no início da noite, por volta das 20h, quando já havia público no local para curtir o festejo. (https://youtu.be/vKLe5FEVssw).

A principal reivindicação da categoria era a diminuição nos preços dos produtos comercializados pelo depósito fornecedor. Os comerciantes também reivindicam que a empresa abra os portões do Parque do Povo nas manhãs e tardes dos jogos da Copa do Mundo e nos finais de semana para que eles possam obter retorno do investimento feito para trabalhar na festa.

Nessa semana, durante entrevista a imprensa da Paraíba, o diretor da Aliança, empresa que gerencia o festejo, rebateu o Sindicato sobre o suposto não cumprimento dos acordos e deixou claro que houve uma reunião com os barraqueiros e o Procon Municipal e foi comprovado pelo órgão regulador que a Aliança não está cobrando preços exorbitantes.

 

 

Redação com Política Real 

Certificado digital mais barato para advogados e contadores. Clique e saiba como adquirir

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Dra. Paula não consegue licença médica de 121 dias e Jane Panta não assume

A junta médica da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), frustrou os planos da suplente Jane Panta (Progressistas) de assumir a cadeira da deputada titular Dra. Paula (Progressistas) que havia solicitado…

Adriano Galdino recebe título de cidadão pessoense e Medalha Epitácio Pessoa

O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), Adriano Galdino, recebeu, nesta segunda-feira (21), o título de cidadão pessoense e a Medalha Epitácio Pessoa, durante sessão solene realizada em conjunto…