O presidente do diretório do partido dos Trabalhadores na Paraíba, Jackson Macêdo, revelou em entrevista concedida a emissora de rádio em João Pessoa que já tem em mente a estratégia do partido para as eleições deste ano na Paraíba. O foco segundo ele será nas candidaturas proporcionais, fazendo a maior quantidade possível de vereadores no estado. “Essa eleição é preparatória para 2022”, disse.

Atualmente o PT-PB tem no estado 65 vereadores divididos por diversas cidades paraibanas. Objetivo segundo Jackson é dobrar esse número nestas eleições. “Sobretudo nas dez maiores cidades da Paraíba. Essa eleição é preparatória para 2022. Vai ser uma guerra, por isso nossa estratégia é eleger muitos vereadores por toda a Paraíba”, comentou o petista paraibano.

Apesar disso, Jackson disse ontem que já encomendou uma pesquisa qualitativa referente às eleições deste ano na capital paraibana, que apontou como forte candidato o nome do ex-deputado federal Luiz Couto – atual secretário estadual de Agricultura Familiar e Desenvolvimento do Semiárido.

“Ele(Couto) está muito bem na pesquisa”, disse Jackson sem dar detalhes de quantas pessoas foram entrevistadas, nem o período da aferição. Recentemente o presidente estadual do PT, disse que é de desejo da executiva nacional do partido e também do ex-presidente Lula que o secretário de Estado, Luiz Couto, represente a sigla na majoritária em João Pessoa.

De acordo com o petista, a estratégia da legenda é fortalecer ainda mais a força política na região Nordeste e a eleição do ex-deputado Luiz Couto seria uma importante contribuição a este objetivo. “O PT tem uma atuação muito forte no Nordeste. É a região que o PT tem o melhor desempenho eleitoral e está correta a estratégia do ex-presidente Lula em ter candidatos a prefeitos”, afirmou Jackson. No entanto, o líder do PT na Paraíba ressaltou que será preciso convencer Couto a participar do pleito.

 

Redação

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Governador destina R$ 16,1 milhões para ações contra o Coronavírus, na PB

Um decreto publicado no Diário Oficial do Estado desta quarta-feira (8) disciplina a destinação de R$ 16,1 milhões do Estado para o enfrentamento do novo Coronavírus. O documento destina, por…

Opinião: Cabedelo apresenta cenário de miséria com renda per capita de meio salário mínimo

O município de Cabedelo tem aproximadamente 68 mil habitantes, dos quais 39.2% da população recebe, apenas, um rendimento médio de meio salário mínimo por pessoa a cada domicílio, segundo dados…