Por pbagora.com.br

Em decisão proferida nesta segunda-feira (19), a justiça eleitoral por meio do juiz Osenival dos Santos Costa, indeferiu a candidatura a prefeito de Solânea, no Brejo da Paraíba, de Beto Brasil. Na decisão o magistrado julgou procedente a pretensão deduzida na Ação de Impugnação, proposta pela Coligação “Coligação Solânea Pra Você e Não Pra Eles”.

A decisão se baseou no art. 1º, inc. I, alínea “g”, da LC nº 64/90 em relação a rejeição de contas com trânsito em julgado pelo TCU e, art. 1°, inc. I, alínea “l” com aplicação imediata do art. 15 da LC n° 64/90 e, por conseguinte, INDEFIRO o RRC – Requerimento de Registro de Candidatura do candidato SEBASTIÃO ALBERTO CÂNDIDO DA CRUZ, mais conhecido como BETO Brasil, para concorrer ao cargo de Prefeito, no Município de Solânea, declarando-o INAPTO, ante a incidência deste nas causas de inelegibilidade previstas no art. 1º, inciso I, alíneas “g” e “l”, e art. 15 da Lei Complementar nº 64/90.

Veja no link a decisão na integra:

Sentença INDEFERIMENTO -BETO DO BRASIL

Confira a situação no DivulgaCand 

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Mulheres fazem maioria do eleitorado de JP e podem fazer vencedor do 2º turno

Numa disputa bastante acirrada no segundo turno das eleições em João Pessoa, conforme mostram as últimas pesquisas de intenção de voto entre os candidatos Cícero Lucena (PP) e Nilvan Ferreira…

TSE anuncia que 364 mil eleitores justificaram ausência via e-Título

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) informou que, no período entre 7h e 10h de hoje (29), 364.414 eleitores justificaram ausência às urnas usando o aplicativo e-Título nas 57 cidades onde…