Ronaldinho sobre 2014: "Quem vai escalar o nosso time é Cássio. Ele é o nosso técnico"

Cotado como opção do PSDB para a disputa eleitoral de 2014, o vice-prefeito de Campina Grande, Ronaldo Cunha Lima Filho, decidiu tirar umas férias da política paraibana e preferiu assumir uma condição mais discreta no processo de sucessão.

Após ser citado pela imprensa, como candidato a senador, vice-governador, e até governador, como eventual substituto de Cássio, o primogênito do poeta colocou um freio nas especulações sobre a disputa pela sucessão estadual.

Em recuperação de uma cirurgia de diverticulite que terminou por retirar 24 centímetros do seu intestino, o tucano tem rechaçado os ‘futurologismos’ nas últimas semanas.""

 

Aos interlocutores, Ronaldinho tem avisado: "Quem vai escalar o nosso time é Cássio. Ele é o nosso grande líder e o técnico do nosso grupo".

Fator decisivo para a eleição do PSDB no município de Campina Grande, o vice-prefeito é considerado uma extensão cartorial e física do poeta Ronaldo. É, para os simpatizantes dos Cunha Lima, quase uma reencarnação. Gera, portanto, um forte poder emotivo que poderá fazer uma grande diferença caso assuma o "protagonismo" nas eleições de 2014.

Como se sabe, diferentemente de João Pessoa, ao invés da razão, Campina prioriza o coração, o que certamente reabrirá as atenções sobre Ronaldo Cunha Lima Filho em 2014.  

E o PB Agora segue atento aos bastidores da política paraibana!
 

Ytalo Kubitschek

PB Agora

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Cássio garante que continuará colaborando com a PB e classifica como remota tese de disputar PMCG

Sem mandato há seis meses, o ex governador e ex senador Cássio Cunha Lima (PSDB), praticamente afastou a possibilidade de disputar a prefeitura de Campina Grande nas eleições do próximo…

RC denuncia que Bolsonaro parou bombeamento na Transposição e tacha presidente de mentiroso

Em entrevista concedida nesta sexta-feira (23) à emissora de rádio no Cariri paraibano, o ex-governador Ricardo Coutinho (PSB) denunciou que o presidente da República Jair Bolsonaro (PSL) parou o bombeamento…