Por pbagora.com.br

Em entrevista a imprensa, o deputado estadual Hervázio Bezerra (PSDB) revelou os motivos de sua saída do partido. Ele não está disposto a correr riscos em 2014, e não vai esperar que o senador Cássio Cunha Lima (PSDB) tome a decisão de manter ou não a aliança com o governador Ricardo Coutinho (PSB) e por isso, está de malas prontas para sair do ninho tucano.

Durante uma entrevista no início da tarde desta segunda-feira (16), o parlamentar disse que tomou a decisão, após uma conversa com o deputado federal e presidente estadual da legenda, Ruy Carneiro.

O comandante do PSDB teria sido taxativo ao afirmar que o partido não irá tolerar infidelidade, caso o PSDB venha a lançar candidatura própria ao governo do Estado. "Ele foi muito franco e direto comigo, e eu agradeço por isso, ao me dizer das condições de permanência no partido, diante da conjuntura de 2014. Em havendo um nome para disputar o governo, o PSDB não vai oferecer legenda a quem não seguir as orientações do partido", revelou.

Hérvazio, que é um dos defensores mais fervorosos do governador Ricardo, se sentiu recebendo um ultimato, e irá escolher uma nova legenda para se abrigar para a batalha das cadeiras na eleição do próximo ano.

Ruy Carneiro tem defendido que o PSDB apresente candidatura ao governo, tendo o senador Cássio Cunha Lima como postulante.

Redação

Notícias relacionadas

Opinião: Bancada ‘Cara Pálida’!

O grande e excelente jornalista J. R. Guzzo, diretor editorial da revista Exame e colunista da revista Veja, no dia de hoje deu uma declaração triste sobre a bancada evangélica…

Opinião: mesmo com negacionismo de Bolsonaro, JP e a PB dão exemplo contra a covid

O poeta russo Vladimirovitch Maiakovski certa vez escreveu: “Não estamos alegres, é certo, mas também por que razão haveríamos de ficar tristes? O mar da história é agitado. As ameaças…