Por pbagora.com.br

 Se depender do líder do Governador Ricardo Coutinho (PSB), Hervázio Bezerra (PSB), uma reaproximação do grupo girassol com o grupo do prefeito Luciano Cartaxo (PSD), não vai acontecer. Nessa semana Bezerra voltou a dizer que o prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PSD) não se posiciona sobre nada em relação à política.

“Devia ter dito se era a favor do impeachment de Dilma, devia dizer se é a favor da cassação de Temer, se concorda com a reforma trabalhista. O grande líder tem que se posicionar, mostrar à sociedade a sua postura. A gestão de Cartaxo é insípida, incolor e inodora”, disse Hervázio.

Em entrevista recente, o parlamentar socialista deixou claro que não moverá uma palha para que essa composição seja reeditada. Segundo o socialista, quando aliados, Cartaxo deixou a desejar.

“Eu posso até queimar a língua, mas o que eu trabalhei para construir isso, agora vou trabalhar o contrário. Eu tenho que me curvar a decisão do meu partido e do meu grupo político. Se amanhã for conveniente essa composição ela pode vir. Eu não vou fechar as portas, até porque não sou eu quem decide. Mas o que eu estou dizendo é que quem mais trabalhou para construir essa aliança fui eu e que agora eu, Hervázio Bezerra, não dou nenhum passo para que ela venha a ocorrer, por uma razão simples – Eu acho Luciano Cartaxo fraco para honrar os compromissos”, disparou.

Redação

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Wilson Filho lança revista detalhando sua atuação parlamentar na ALPB durante o primeiro biênio

O deputado estadual Wilson Filho (PTB) lançou nesta semana, nas plataformas digitais, revista que detalha a sua atuação na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) durante o primeiro biênio. <<<Confira aqui…

Cícero nega troca do PP pelo PSB: “A notícia não procede, jamais cogitei”

O prefeito eleito de João Pessoa, Cícero Lucena (PP), emitiu nota no início da tarde desta quinta-feira (03) para desmentir a informação sobre uma movimentação de bastidores dando conta de…