EXCLUSIVO – O vereador reeleito Hervázio Bezerra, em comentário pessoal sobre a atual conjuntura política no Estado, declarou com exclusividade ao Portal PB Agora na manhã deste sábado (31) que acha possível aliança entre o governador Cássio Cunha Lima (PSDB) e o prefeito Ricardo Coutinho (PSB) com vistas às eleições majoritárias de 2010 em razão da conveniência política de ambos. Ele disse ainda que o apoio à composição, no seu caso, depende unicamente do senador Cícero Lucena, presidente estadual do PSDB, a quem considera o seu maior orientador político.

Apesar de defender o apoio de todo o PSDB, inclusive de Cássio, à candidatura de Cícero ou Efraim Morais (DEM) ao governo do Estado, Hervázio disse que entende como cidadão que os projetos do governador e o de Ricardo são convergentes, já que ambos têm intenções eleitorais diferentes e são uma liderança, respectivamente, em Campina Grande e João Pessoa.

“Se não fosse Cícero, a aliança de Cássio e Ricardo seria um casamento perfeito. Exatamente porque o projeto de Cássio e o de Ricardo não se choca. Um quer ser senador e o outro governador. A grande questão está na presença do senador Cícero Lucena no caminho dos dois. Há, e toda a Paraíba sabe disso, uma história de lealdade entre Cássio, Cícero e Ronaldo, que já passaram por muitas alegrias e tristezas juntas, difícil de ser esquecida pelo pragmatismo da política. Mas, devo admitir, que nada é impossível, em se tratando de política”, disse Hervázio.

“Acho muito difícil porque, além das divergências políticas, o que distanciou Cícero de Ricardo foram os ataques pessoais, o projeto de ataque à honra e a trajetória do senador. Mas até isso não é impossível. Se há dez anos alguém fosse dizer que Wilson Braga, José Maranhão e Ricardo Coutinho estariam juntos, seria chamado de louco”, declarou.

Para Hervázio, a tese de aliança Cássio/Ricardo não sofre de resistência alguma junto aos cassistas. Apesar disso, além de Cícero Lucena, o vereador tucano vê outra dificuldade a ser enfrentada por Cássio e Ricardo: a questão nacional.

“É preciso avaliar se as questões partidárias vão permitir que Cássio ignore o projeto do PSDB na Paraíba para se aliar a Ricardo. Nacionalmente, a cúpula do PSDB tem prestado forte solidariedade a Cássio nesse processo de cassação e o partido tem com o governador José Serra fortes possibilidades de chegar à presidência da República”, finalizou Hervázio.

 

PB Agora

 

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Vereador diz que candidato à PMCG já foi escolhido, mas só Romero irá divulgar

O nome da situação para encabeçar a chapa majoritária na sucessão municipal em Campina Grande já foi escolhido pelo prefeito Romero Rodrigues (PSD) e só falta ser divulgado. Pelo menos…

Pós-folia os pré-candidatos paraibanos devem focar nos prazos eleitorais e convenções

Como se diz “Tudo no Brasil, começa após o carnaval”, essa máxima também é levada a política, onde os pré-candidatos nas eleições devem dar o start oficial as suas pretensões…