Pouco antes de votar na manhã deste domingo 28, o candidato da frente democrática, Fernando Haddad (PT), declarou: Vamos lutar até o último minuto. As intenções de voto em Haddad têm crescido nas últimas pesquisas, enquanto tem caído as de Jair Bolsonaro. A rejeição a Haddad também tem diminuído, ao contrário de seu adversário. Os números apontam grande possibilidade de virada.

 

Na pesquisa Vox 247 realizada neste sábado 27, os dois candidatos aparecem com empate número: 43% dos votos totais cada um e 50% dos votos válidos. No caso dos votos totais, a pesquisa registrou 9% para ninguém/brancos/nulos 3% para não sabe ou não respondeu (confira aqui a íntegra do levantamento).

 

Haddad foi votar em uma escola em Indianópolis, bairro da zona sul da capital paulista, acompanhado de sua esposa, Ana Estela Haddad. Mais cedo, ele tomou café da manhã com lideranças do PT. Gente importante declarou voto em mim, destacou. Em frente à seção, pessoas com flores nas mãos entoaram um canto de paz e esperança.

 

Neste fim de semana, nomes importantes da classe artística e política declarou seu voto em Haddad, como o ex-presidente do Supremo Tribunal Federal Joaquim Barbosa, visto como o agente anticorrupção, que relatou o caso do 'mensalão' na corte, e o ex-procurador-geral da República Rodrigo Janot, que comandou boa parte da Lava Jato.

Veja a entrevista de Haddad:

 

 

Redação

 


Saiba mais sobre Certificação Digital no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas Certificação Digital. Entre em contato através do WhatsApp (83) 9 93826000

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Carlos Bolsonaro diz que líder do PSL no Senado é “bobo da corte”

O vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ) compartilhou neste domingo (13) uma mensagem no Twitter na qual classifica como “bobo da corte” o líder do PSL no Senado, Major Olímpio (SP). “Este…

Presidente da ALPB e líder do Governo atribuem a Cabo Gilberto tática para embargar votações

Em entrevista a imprensa o presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba deputado Adriano Galdino e o líder do Governo, deputado Ricardo Barbosa, ambos do PSB, reclamaram da tática utilizada semana…