O candidato pelo PT na disputa pela presidência da República, Fernando Haddad, venceu o processo eleitoral do primeiro turno em 217 dos 223 municípios paraibanos. Enquanto que o seu principal opositor, Jair Bolsonaro, do PSL, venceu apenas em cinco, destaque para João Pessoa e Campina Grande.

 

Na Rainha da Borborema, Bolsonaro já contava com o apoio do prefeito Romero Rodrigues que anunciou a parceria dias antes da eleição. Na Capital, o prefeito Luciano Cartaxo (PV) e o seu irmão Lucélio Cartaxo (PV), candidato ao Governo da Paraíba, ficaram em silêncio sobre a disputa eleitoral para presidente. A grande surpresa foi a vitória do candidato Ciro Gomes (PDT) no município de Santa Luzia. O candidato era apoiado no Estado pela vice-governadora Lícia Feliciano (PDT) que declarou seu apoio desde o lançamento da candidatura de Ciro, quando ainda se colocava como candidata ao Governo do Estado.

 

O candidato Jair Bolsonaro teve sua maior votação em João Pessoa, com 204.456 votos contra 99.614 do petista Fernando Haddad. Em Campina Grande, o candidato liberal obteve 110.542 contra 45.065 votos.

 

Em Santa Rita, a disputa foi um pouco mais apertada, mesmo com a vitória de Fernando Haddad que garantiu 28.780 votos. Bolsonaro obteve a preferência de 26.800 eleitores no município. Em Patos a disputa entre Bolsonaro e Haddad também foi acirrada, mas assim como em Santa Rita, o petista levou a melhor entre os eleitores da Morada do Sol. Haddad obteve 17.707 votos e Bolsonaro garantiu a preferência de 15.823 eleitores.

 

Redação

 


Veja como adquirir a certificação digital para pessoa física sem burocracia

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Bancada federal volta a se reunir nesta terça-feira para debater emendas

O deputado federal Efraim Filho (DEM) convocou reunião da bancada federal paraibana para a terça-feira (22) às 17hs, na sala da Presidência da Comissão de Educação, anexo II ala C…

Opinião: Eliza estimula suicídio e recrimina discussão sobre violência contra mulher

O cuidado quando se escreve sobre algo ou alguém requer, antes de tudo, certa parcialidade, pois entendo que ser imparcial por completo é algo fantasioso e humanamente impossível de ser…