Por pbagora.com.br

O candidato à Presidência, Ciro Gomes (PDT), negou estar envolvido em escândalos de corrupção ou outras irregularidades. "Quero lembrar ao meu querido amigo (Fernando) Haddad que tem muita gente que não é investigada por corrupção no Brasil. Eu, Ciro Gomes, não sou investigado". 

Ciro declarou que "desafia qualquer pessoa a mostrar qualquer envolvimento meu em qualquer irregularidade, nem que seja para ser absolvido", disse a jornalistas ao responder sobre notícia do jornal O Globo de que estaria em delação da Galvão Engenharia protocolada no Supremo Tribunal Federal (STF).

Perguntado sobre essa delação, o presidenciável disse que ficou sabendo dela hoje pela imprensa. "Não há a menor probabilidade, nenhuma chance de meu nome estar envolvido em qualquer tipo de irregularidade", disse ele.

Ciro disse que seus adversários Haddad e Geraldo Alckmin é que respondem por denúncias de corrupção. "Eu não respondo por nenhuma acusação. Não vamos misturar alhos com bugalhos, porque é isso que interessa aos fascistas do Brasil, pegar as pessoas e jogar tudo na vala comum."  

 

Redação

 


Veja como adquirir a certificação digital para pessoa física sem burocracia

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Efraim Filho: consenso é mudar sistema tributário

Líder defende período de transição entre modelo atual e o que está por vir Líder do Democratas na Câmara, Efraim Filho (PB) considera que já existe um consenso de que…

Veneziano debate com Associação Nacional dos Procuradores projetos em análise pelo Congresso

A diretoria da Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR) teve reunião nesta na última terça-feira (11) com o senador Veneziano Vital do Rego (PSB-PB), para tratar de diversas pautas…