Por pbagora.com.br

O deputado Guilherme Almeida (PSB) voltou a externar, na tarde desta quarta-feira (15), a sua insatisfação por ainda não ter sido nomeado Secretário de Interiorização do Governo Maranhão III. Assim como o ex-parlamentar Aníbal Marcolino (PSDB), Almeida justificou a demora da nomeação devido a uma crise interna existente no PSB, cuja presidência pertence ao prefeito da Capital, Ricardo Coutinho.

“Não é novidade para ninguém que o motivo da minha não nomeação no governo Maranhão III é uma perseguição existente no meu próprio partido, pois se não fosse esta intervenção, eu já estaria nomeado”, desabafou.

Ainda esperançoso Almeida acredita que será nomeado para o cargo. De acordo com o parlamentar, resta agora apenas ver o nome publicado no Diário Oficial do Estado.

“Estou pronto para assumir e espero que o ato seja publicado pelo governador o mais rápido possível”, falou.

Indagado sobre a nomeação da filha do deputado João Gonçalves (PSDB), que pertence a bancada de oposição ao governo, ter sido nomeada para um cargo no Detran, Almeida desconversa.

“O governo tem seus motivos para nomear alguém e não cabe a mim julgar ou cobrar nada”, declarou.
 

 

Márcia Dias

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Opinião: os riscos decorrentes de um eventual processo de impeachment de Bolsonaro

Sobre um eventual processo de impeachment do presidente Jair Bolsonaro, descortinam-se duas possibilidades preocupantes, tanto para ele e seus seguidores – a que o Brasil já se acostumou a, depreciativamente,…

Livro-bomba de Eduardo Cunha: Tchau Querida – O Diário do Impeachment

A história é implacável contra a mentira. Mais cedo, ou mais tarde, a verdade sempre virá à tona. Mesmo que seja a conta-gotas. O golpe parlamentar perpetrado contra a ex-presidente…