Como todos os anos, o Grito dos/as Excluídos/as leva centenas de pessoas às ruas durante a Semana da Pátria, mas tem como ponto máximo o dia 7 de setembro. Nesta 25ª edição, a mobilização nacional tem como lema “Este sistema não vale! Lutamos por justiça, direitos e liberdade”.

Fazendo uma analogia com o Carnaval, a organização do Grito dos Excluídos promoverá um grande bloco de carnaval popular, onde os setores da sociedade estarão distribuídos em grandes alas. A proposta é tornar esse ato de profunda relevância nacional num grande encontro de pessoas, que discordam veementemente das ações do atual Governo Federal.

O Abre Alas ficará por conta da energia contagiante do Levante Popular da Juventude, com seus tambores eloquentes, seguidos das alas da Amazônia, Mulheres, Educação, LGBT+, Previdência Social, Portadores de Deficiência, Crianças, dentre outras.

A concentração será no dia 06 de setembro de 2019, em frente à Catedral de Nossa Senhora das Neves, em João Pessoa, a partir das 14h.

 

Redação

 

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Opinião: em baixa, Cartaxo acende vela para RC e João na tentativa de continuar “vivo” na política

A história é cíclica ou retilínea? Isto é: ela está imersa na concepção que o ser humano pode agir de forma afetiva para “reproduzir” ações do passado, ou tudo foge…

João destaca necessidade de reforma da PBPrev e avisa: “Não estou para fazer acordo”

O governador da Paraíba, João Azevêdo, durante entrega de obras no Brejo da Paraíba, comento em tom de desabafo o texto levado à Assembleia Legislativa para a reforma da Previdência…