*União já liberou R$ 200 mil de emenda apresentada por Nilda Gondim para
construção do IML de Cajazeiras*

 

 

“Se o governo estadual não constrói o IML de Cajazeiras, não é por falta de
recursos financeiros, pois o governo federal já liberou R$ 200.000,00,
provenientes de emenda parlamentar de nossa autoria, para ajudar na
execução do projeto”, afirmou a deputada federal Nilda Gondim (PMDB-PB) em
seus perfis nas mídias sociais.

Ela lembrou que os recursos foram liberados pelo Ministério da Educação,
via Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), com quem o Governo da
Paraíba tem que formalizar parceria para que o IML possa ser construído.

“O senador Vital do Rêgo Filho (PMDB-PB) também apresentou emenda ao
Orçamento da União para o exercício de 2013 destinando o montante de R$
400.000,00, também via UFCG, para serem investidos na construção do IML de
Cajazeiras”, acrescentou a deputada, e enfatizou:

“A nossa parte, portanto, foi feita. Nossa colaboração foi dada. Resta
agora o Governo do Estado tomar as devidas providências, juntamente com a
UFCG, para utilizar os recursos disponíveis e construir a unidade do IML
tão esperada pela população sertaneja da Paraíba”.

*Ocorrência lamentável –* Nilda Gondim lembrou que na última quarta-feira
(16) a sociedade paraibana foi informada da permanência no local da
ocorrência do crime, por mais de seis horas, do corpo de um comerciante
vítima de latrocínio na cidade de Cajazeiras, no Alto Sertão paraibano. O
fato deveu-se à inexistência de uma unidade do Instituto de Medicina Legal
no município.

“Além da perda de um ente-querido, em face da insegurança que “reina” na
Paraíba, os familiares da vítima ainda tiveram que passar pela humilhação e
pela dor de ver o corpo jogado ao chão e exposto aos olhares de dezenas de
curiosos por horas seguidas”, observou.

*Descaso total –* “Ao noticiar a ocorrência lamentável, a Imprensa
paraibana acrescentou que os habitantes de Cajazeiras e municípios próximos
têm sido penalizados com a falta de compromisso do Governo do Estado, que
não atende as reivindicações da população para a construção de um IML para
atender toda a região”, comentou Nilda Gondim.

 

Ascom

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

MPF pede quebra de sigilo bancário de ex-prefeito no âmbito da Operação Andaime

No âmbito da Operação Andaime, deflagrada em 2015, o Ministério Público Federal (MPF) solicitou a quebra do sigilo bancário e fiscal do ex-prefeito de Santa Cruz (PB), Raimundo Antunes. De…

Auxiliar nega articulação para disputa de CG: “Não foi discutido com governador”

O secretário de Saúde do Estado da Paraíba, Geraldo Medeiros, voltou a negar, durante entrevista essa semana a existência de articulações envolvendo o nome dele para a disputa pela prefeitura…