Governo federal anuncia corte de R$ 8 bilhões do Orçamento de 2011, medida vai afetar o futuro governador da PB

 

O governo envia na próxima segunda-feira ao Congresso Nacional as sugestões de cortes no Orçamento da União, informou nesta quinta-feira (9) o ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão, Paulo Bernardo.

"São R$ 12 bilhões de cortes de receitas brutas. Arrendondando, porque afeta transferências também, são R$ 8 bilhões de receitas líquidas que vão ser cortadas nas despesas", disse.

Segundo o ministro, os técnicos do governo trabalharão durante o fim de semana para elaborar uma planilha sugerindo ao Congresso onde deverão ser feitos os ajustes. Paulo Bernardo disse que, como a estimativa de receita para o ano que vem foi reduzida, o governo está propondo o pontos de corte no Orçamento porque não seria justo deixar o problema para o Congresso resolver.

"Como nós tiramos R$ 12 bilhões da receita, que significam praticamente R$ 8 bilhões de receita líquida a menos, nós achamos que não seria justo politicamente com o Congresso dizer: ‘se virem’. Vamos indicar despesas, sim, a serem cortadas", afirmou Bernarndo.

O ministro admitiu que, como o Orçamento está no Congresso, os parlamentares podem acatar ou não as propostas de cortes feitas pela equipe econômica. Ele disse que, ao fazer os cortes, o governo retira os valores da Lei Orçamentária Anual, que não poderão ser repostos posteriormente.

"Não tem como falar que vai liberar se não constar da lei. Nós vamos reduzir as dotações".

O Orçamento terá que ser cortado porque a estimativa de arrecadação para o próximo ano caiu de R$ 532 bilhões para R$ 520 bilhões, depois que o Ministério da Fazenda e a Receita Federal refizeram as contas.

Tal medida põe em cheque o pedido dos futuros governadores, entre os quais o da Paraíba Ricardo Coutinho (PSB) que vem solicitando via presidente do PSB nacional o governador Eduardo Campos, mas recursos perante a futura presidente Dilma.
 

 

Agência Estado

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

“O que eu pretendo é ser expulso” dispara Moacir sobre imbróglio no PSL

Não é de hoje que o deputado estadual Moacir Rodrigues (PSL) vem vivendo um imbróglio dentro da sigla na Paraíba. A celeuma entre ele e o presidente do partido na…

Haddad defende realinhamento entre João Azevêdo e RC

O ex-prefeito de São Paulo e ex-candidato à presidência da República Fernando Haddad (PT) defendeu, em entrevista concedida à emissora de rádio em João Pessoa, que a paz volte a…