O governador João Azevêdo lança, hoje (7), às 9h, a 31ª Edição do Salão de Artesanato Paraibano, que este ano tem como tema Metal que Vira Arte, e será realizada de 10 de janeiro a 2 de fevereiro, na Avenida Cabo Branco, 2260.

Na ocasião, a imprensa será informada sobre o funcionamento do salão, que este ano volta a ser realizado na orla marítima de João Pessoa, atendendo reivindicação antiga dos artesãos.

Esta edição do Salão de Artesanato da Paraíba contará com a participação de 300 artesãos, contemplando os diversos municípios paraibanos, a exemplo de Cabedelo, João Pessoa, Campina Grande, Pilar e Cajazeiras.

A estimativa é que o evento receba um público de mais de 100 mil pessoas e gere um volume de negócios – incluindo encomendas – em torno de R$ 1,3 milhão.

O Salão homenageia este ano 12 artesãos, sendo 10 de João Pessoa, um de Bayeux e um de Pilar.Entre os homenageados estão o artista plástico, escultor e artesão Wilson Figueiredo; o artesão João de Deus; a artesã Rosicler Fontana, que trabalha com a fabricação artesanal de diversos tipos de facas; e o casal Humberto Heleno e Maria Miguel.

A 31ª edição do Salão do Artesanato da Paraíba vai contar com a co-realização do Sebrae-PB e parcerias do Iesp Faculdades, Empreender-PB, Jucep, Procon-PB e Cagepa.

 

Redação com Secom

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

João exonera mulher de conselheiro citada em delação de Livânia

O Diário Oficial da Paraíba trouxe nesta sexta-feira, 17, a determinação do governador João Azevêdo sobre a exoneração da servidora Georgiana Maria Pinheiro Cruz, esposa do presidente do Tribunal de…

Análise – Cícero Lucena será o coringa do jogo eleitoral mais cobiçado de 2020

Pense num “caba” que meio-mundo e outro tanto de pretensos candidatos à sucessão de Luciano Cartaxo, na Prefeitura de João Pessoa, vão disputar o apoio: Cícero Lucena, o caboclinho de…