A Paraíba o tempo todo  |

Gerente da Regional de Educação de Cajazeiras pede demissão

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

Nomeada coordenadora da 9ª Gerência Regional de Educação, em Cajazeiras, no último dia 7, a professora Eclivaneide Caldas de Abreu é a primeira baixa de peso no Governo Maranhão III naquela cidade-polo do Sertão. Nesta segunda-feira, ela comunicou sua desistência do cargo, em caráter irrevogável.

Por trás do pedido de demissão de Eclivaneide Abreu, existiu um jogo de pressão político que a professora não conseguiu suportar. Segundo ela, sua intenção sempre foi desenvolver o trabalho para o qual foi nomeada: coordenar a área de Educação da Grande Cajazeiras. Ela se queixa de que encontrou justamente o contrário: muita desorganização, falta de recursos e uma interferência política além dos limites toleráveis, principalmente da parte do deputado Jeová Campos (PT).

Comunicado da decisão da professora Eclivaneide de deixar o governo, o secretário da Educação e Cultura do Estado, Sales Gaudêncio, ainda não definiu a substituta dela na 9ª Gerência Regional.

PB Agora com Portal CZ
 

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe