O deputado estadual Galego Souza (PP) deu entrada, nesta segunda-feira (09), em um pedido de licença para tratar de interesse particular e de saúde, na Assembleia Legislativa da Paraíba.

O parlamentar ficará afastado por 124 dias, sendo 120 dias sem vencimento, para tratar de interesses particulares, e três dias para tratamento de saúde, período em que realizará exames médicos. A saída de Galego atende a uma articulação do deputado federal Aguinaldo Ribeiro (PP) a fim de proporcionar o retorno do suplente Cláudio Régis, também do PP, ao mandato.

“Sou do grupo, sou do Progressistas, e não poderia me furtar de atender a um pedido do nosso líder maior, Aguinaldo Ribeiro, a quem tenho respeito e sobretudo fidelidade partidária. Iremos agora nos afastar da Casa e nesse período estaremos trabalhando junto às lideranças locais para preparar as bases para o embate eleitoral que se avizinha. Mesmo distante do mandato, continuarei atuando em prol da população. Agradeço também a senadora Daniella Ribeiro”, ressaltou.

Para Galego, com Cláudio Régis e ainda as deputadas Dr. Paula e Jane Panta, o parlamento só tem a ganhar.

Galego Souza exerce seu segundo mandato na Assembleia Legislativa da Paraíba.

 

 

Redação

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Sob o comando de Pedro Cunha Lima, PSDB fica sem representante na CMCG

O presidente do PSDB paraibano, deputado federal Pedro Cunha Lima que também é filho do ex-senador Cássio Cunha Lima (PSDB), parece não ter o mesmo poder de persuasão do pai…

“Enxergam um herói, eu vejo um golpista”, diz Jackson sobre Mandetta

Enquanto as pesquisas apontam que a população brasileira aprova o trabalho do ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta a frente do combate à pandemia do coronavírus, o presidente estadual do…