O deputado federal Marcondes Gadelha (PSC) não guardou ressentimento por ter sido barrado pela segurança do Planalto durante visita do presidente, Luiz Inácio Lula da Silva, à São José de Piranhas na última terça-feira (14).

Gadelha confirmou que os deputados Manoel Júnior, Hugo Mota e Vitalzinho, todos do PMDB, retornaram sem participar do evento. “Disse a oficial responsável que iria de todo jeito, e fui!”, desabafou.

O parlamentar confessou que em determinado momento perdeu o controle devido forma arrogante como se comportava a oficial do Exército. “Dediquei minha vida aquele projeto, não seria justo deixar de participar da visita do presidente as obras”, sustentou.

O deputado disse ainda que em determinado momento foi abordado por outros oficiais, que o reconheceram do Programa Show do Milhão e, logo autorizaram sua integração a comitiva presidencial.

 

Redação com Blog do Victor Paiva

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Julian ironiza facada de Bolsonaro e diz que partido virou máquina milionária

Um áudio vazado de uma reunião entre membros do PSL de Aracaju (SE) com a presença do vice-presidente nacional e presidente da sigla na PB o deputado federal Julian Lemos…

Deputado estadual quer liberação para a construção de espigões na orla de JP

Estando do lado dos construtores que querem implementar na orla de João Pessoa, espigões o deputado estadual Cabo Gilberto (PSL) apresentou uma Emenda a Constituição estabelecendo permissão para construção de…