Por pbagora.com.br

O pré candidato a Prefeitura de Campina Grande nas eleições deste ano, o deputado estadual Inácio Falcão (PCdoB), quer ampliar o Fórum Pró-Campina, formado pelos partidos de centro e esquerda: PDT, PCdoB, PT, PSOL, Rede e PT.
Ao receber em seu escritório, a coordenação do Fórum Pró-Campina, o deputado sugeriu a ampliação da frente de oposição com mais partidos, a exemplo do Podemos (Ana Cláudia Vital do Rêgo) e Cidadania (secretário de Saúde, Geraldo Medeiros), ambos igualmente postulantes ao comando da PMCG.

Inácio defendeu a ampliação e a unidade das oposições do campo democrático e progressista de Campina Grande.
Além de novas legendas, o pré-candidato pregou o diálogo com os movimentos sociais, estudantes,  categorias profissionais, empresários progressistas e entidades na construção do programa de governo em defesa da cidade, segundo a sua assessoria.
“Estamos fazendo uma coisa inédita em Campina Grande, que é um fórum, reunindo vários partidos do campo democrático e progressista para discutir e construir um programa de governo com desenvolvimento sustentável e inclusão social. Estou sugerindo convites a vários partidos para ampliar esta frente, a exemplo do Podemos e Cidadania”, discorreu Falcão.

Participaram da reunião o coordenador do Fórum, Roberto Jefferson (PSOL), Glauce Jácome (PCdoB), Hermano Nepomuceno (PT) e Antonio Pereira (PDT) e demais dirigentes partidários.

A próxima plenária do Fórum Pró Campina será nesta terça-feira, 10, às 19 horas, no auditório do Sindifisco, no Centro. O tema em discussão será Gestão Pública.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Damião Feliciano antecipa 2022: “O nosso lado é o do governador do Estado”

O deputado federal Damião Feliciano evitou antecipar os objetivos do PDT, sigla da qual faz parte, para as eleições de 2022, quando a Paraíba votará para presidente, senadores, deputados estaduais…

Nilvan anuncia concurso para guarda municipal e que não fará lockdown

O candidato a prefeito de João Pessoa, Nilvan Ferreira durante debate reafirmou o compromisso de não realizar lockdown, reabrir as escolas particulares em janeiro, recuperação da barreira do Cabo Branco…