A Frente Parlamentar de Defesa das Políticas Públicas para a Juventude da Assembléia Legislativa reuniu-se na manhã desta sexta-feira (17.04) para discutir políticas públicas para a juventude.

De acordo o deputado Rodrigo Soares (PT), presidente da Frente, o objetivo da audiência pública foi o de obter junto aos gestores públicos informações de como estão se dando as políticas públicas de juventude na Paraíba, como por exemplo, o programa ProJovem, que foi representado na audiência pela sua coordenação. Na ocasião, foram dadas explanações sobre os novos prazos e funcionamento do programa.

“As inscrições serão até o dia 1 de junho e a partir daí cerca de 7 mil jovens beneficiados em 15 cidades da Paraíba.Eles passam então a ter uma nova oportunidade na sua vida. De freqüentar o ensino fundamental e quem sabe avançar na questão da escolaridade e na geração de emprego e de renda pra sua família”, disse Rodrigo.

Ele declarou que a reunião foi produtiva já que dela saíram propostas e houve o diálogo com a sociedade como um todo, que deu contribuições importantes através de suas representações. “Esperamos construir uma ação importante e a partir daqui a Frente Parlamentar edificar os desafios e como podemos enfrentar a problemática da juventude em nosso Estado”, ressaltou o parlamentar.

Segundo ele, a questão do Conselho Estadual da Juventude, criado há cerca de três anos merece destaque. “Ainda não foi funciona em sua plenitude. Foram escolhidos os membros, mas ainda não tem suas reuniões. Espero que possamos avançar na formatação do Conselho e no avanço das políticas de juventude”.

ALPB

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Cidadania em JP confirma adesão de 90% da base pró-candidatura própria, mas condiciona decisão a aval de João

O presidente do Cidadania em João Pessoa, vereador Bruno Farias, revelou que a base do partido deseja participar ativamente das eleições municipais deste ano disputando na majoritária. No entanto, segundo…

João confirma presença do Cidadania nas eleições, inclusive em JP e CG

O partido Cidadania deverá participar da chapa majoritária, com candidatura própria ou figurando na vice em pelo menos 170 dos 223 municípios do Estado. A informação foi confirmada, em entrevista,…