Em depoimento recente, o deputado federal paraibano Julian Lemos que preside estatualmente o PSL, que me 2018, disputou as eleições de 2018, como aliado de primeira hora do então candidato a presidente Jair Bolsonaro e apoiador da chapa de Lúcelio Cartaxo e Cássio Cunha Lima, revelou que um dos seus dois votos para o cargo de senador foi em Veneziano Vital do Rêgo (PSB) que  disputou na chapa encabeçada pelo atual governador João Azevêdo (Cidadania).

Julian disse que seu voto para senador em 2018 foi para Veneziano Vital, filiado ao PSB, que teve como candidatos, além de Veneziano o candidato a senador Luiz Couto (PT) e João Azevêdo. Na chapa de chapa de Lúcelio Cartaxo (PV) que tinha como vice-governadora Micheline Rodrigues esposa do ataul prefeito de Campina Grande Romero Rodrigues (PSD) e candidatos a senador Cássio Cunha Lima (PSDB) e Daniella Ribeiro (PP). A revelação aconteceu quando Veneziano concedia entrevista à Rádio Correio FM, em João Pessoa, e Julian pareceu no estúdio, o saudou e disparou: “Foi o senador que eu votei”.

 

 

Redação

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Líderes da situação e oposição na ALPB falam sobre a importância da união das forças em prol contra o Covid-19

Neste momento, de pandemia coronavírus (Covid-19), esta doença provocou pelo menos um fator positivo na politica, que é a união de forças contra a doença. Um exemplo disso, foi a…

Opinião – Covid-19 confirma as mazelas da nossa sociedade. A pior: a economia é prioridade sobre a vida

Lamentável a constatação de que, em meio a uma pandemia, aqui no Brasil, império de uma ignorância crônica, o interesse econômico dos bilionários está acima da vida humana. Pouco, ou…