A fumaça branca acaba de ser expirada sobre o futuro do vereador Raoni Mendes (PDT), que após horas de reuniões e conversas com correligionários decidiu evitar o risco de migrar para uma nova legenda e decidiu permanecer no PDT.

Sem a Rede Sustentável de Marina Silva para ‘pendurar’ seu mandato, o parlamentar teve que optar entre três possibilidades: ingressar no PROS do Major Fábio, ir para o Solidariedade de Benjamin Maranhão ou permanecer no PDT. A terceira tese acabou saindo vencedora e o quadro ficou inalterado. Nada muda.

Em conversa com a reportagem do PB Agora, o parlamentar pessoense comentou a decisão.

"A despeito dos conflitos e daquilo que já enfrentei dentro do PDT, resolvi permanecer! Não me sentiria a vontade em qualquer legenda que represente ideais, valores e principios com os quais nao me identifico. Embora fosse mais fácil migrar, pelo que o PDT representa para mim, resolvi ficar", justificou.

Com a criação de Rede Sustentabilidade vetada pela Justiça, o vereador tinha até este sábado, 5, para tomar uma atitude sobre o futuro político partidário, mas para que não houvesse mais mistério, ele confirmou no final da tarde desta sexta-feira (04) seu posicionamento partidário.

Mendes é um dos quadros dissidentes do PDT da Paraíba, presidido pelo deputado federal Damião Feliciano, que já fechou apoio pela reeleição do governador Ricardo Coutinho (PSB). Ele é ainda considerado um dos maiores ‘pupilos’ do ex-prefeito Luciano Agra, ferrenho algoz do governo socialista no Estado.

O pedetista também havia recebido convites para filiação no PP, PEN e PPS, mas temia ingressar em uma legenda já existente e ser alvo de processos que coloque em risco o mandato de vereador por infidelidade partidária, caso não logre êxito no pleito do ano que vem. 

 

Márcia Dias/ Ytalo Kubitschek


PB Agora

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

OUÇA: reitor da UEPB diz que estudante que fez ameaças trancará curso

O reitor da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), professor Rangel Júnior divulgou, através de um áudio compartilhado nas redes sociais, nesta segunda-feira (21), detalhes sobre o caso da suposta ameaça…

Meta é trabalhar: João diz que ainda não pensou em um possível 2º mandato

Ainda é muito cedo para que o governador da Paraíba, João Azevêdo (PSB) possa pensar em uma possível reeleição. Marinheiro de primeira viagem, o gestor exerce o seu primeiro mandato…