Por pbagora.com.br

O deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) postou nas redes sociais nesta quinta-feira (03/11), uma foto ao lado do pai, o presidente Jair Bolsonaro e dos outros três irmãos no gabinete presidencial no Palácio do Planalto. O que chamou a atenção, porém foi a arma que apareceu à tiracolo do filho número “03” do mandatário.

Na imagem, a arma de fogo aparece na cintura do parlamentar. No Palácio do Planalto, entretanto, o armamento costuma ser utilizado apenas por seguranças.

Segundo informações da Folha de S. Paulo, uma norma revisada ainda neste ano versa que “é proibido o porte, transporte, guarda ou manuseio de qualquer tipo de arma de fogo” por parte de “qualquer acessante”, exceto seguranças do Planalto e do presidente.

A medida prevê, no entanto, “situações excepcionais”, que devem ser analisadas pelo secretário de segurança presidencial. O transporte de arma de fogo de Eduardo entraria nessa categoria, segundo assessores consultados pela publicação. Veja: https://pbs.twimg.com/media/EoVMJEvW4AUgPYf?format=jpg&name=small

 

Redação com Correio Brasiliense

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Análise – Prefeito de Pombal agiu exemplarmente. Errados estão os que negam a ciência e a vacina

Nos últimos dois dias, a hipocrisia pautou uma discussão idiota estimulada por uma onda odienta contra o prefeito da maravilhosa cidade de Pombal, Abmael de Sousa Lacerda, o Doutor Verissinho…

Em rede social, Lula diz ter testado positivo para covid e que fez quarentena em Cuba

O ex-presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva usou seu perfil numa rede social para comunicar que recentemente testou positivo para a covid-19. De acordo com a postagem, Lula…