O deputado federal Marco Feliciano (Podemos-SP) protocolou na terça-feira (16/4), um pedido de impeachment do vice-presidente Hamilton Mourão. Ele acusa o general de ter tido comportamento indecoroso e vê crime de responsabilidade.

 

Um dos argumentos colocados no pedido é uma "curtida" (like) da conta de Mourão no Twitter em uma publicação da jornalista Rachel Sheherazade, do SBT. "A denúncia por crime de responsabilidade contra Mourão se deu por comportamento indecoroso em várias ocasiões. Exemplo: na medida em que ele curtiu tweet de Rachel Sheherazade, detonando com o presidente Jair Bolsonaro, o louvando como melhor opção para governar o país."

""

No Twitter, o deputado chama o pedido de "tiro de alerta". Ele lembra que Dilma Rousseff (PT) foi alvo de vários pedidos de impeachment "antes do derradeiro". A petista foi tirada do poder em 2016.

 

"Ontem protocolei pedido de impeachment contra o vice-presidente Mourão. Foi um tiro de alerta!", escreveu Marco Feliciano. "Dilma teve 19 pedidos antes do derradeiro. Espero que o General Mourão tenha postura leal com o presidente Jair Bolsonaro. Chega de conspiração, agora é hora de união!"

 

Redação

 


Certificado digital mais barato para advogados e contadores. Clique e saiba como adquirir

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Cartaxo minimiza influência de Lula nas eleições de 2020

Apesar de solto, o ex-presidente Lula (PT) não deve exercer tanta influência nas eleições de 2020, sobretudo na Paraíba. Pelo menos é essa a análise do prefeito de João Pessoa,…

Análise: com o lucro mensal de um só cartório, se manteria as comarcas que foram fechadas e abriria outras, alerta Tião

Apesar das pressões em contrário, e das manifestadas insatisfações com tamanha ousadia, o deputado Tião Gomes não arredou o pé de pedir a instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito…