A Paraíba o tempo todo  |

“Faltou à oposição um chamamento global” diz ex-deputado ao defender aliança de João e Romero

Em entrevista à rádio Correio, o secretário municipal de Campina Grande, ex-deputado e aliado do ex-prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, Renato Gadelha, avaliou o motivo de não haver tido maior unificação das oposições em torno de Romero e destacou que ele é um dos que são favoráveis à tese de aproximação entre os dois líderes políticos.

“Romero está mais próximo do governador porque tem tido mais diálogo. Acho que faltou à oposição um chamamento global, faltou chamar todos os outros aliados. Então no frigir dos ovos, restou Cássio e Romero que não está sentido o apoio necessário de toda a posição para disputar o pleito. Então entendo que o melhor caminho é seguir João até porque o maior adversário de Romero em Campina Grande é Veneziano e Bruno venceu com apoio de Romero a Ana Cláudia, mulher de Veneziano, então se Veneziano é o candidato das oposições, Romero não tem nenhum motivo para acompanhar Veneziano por isso acho mais fácil ele se compor com João Azevedo. Eu advogo a tese de que ele se componha com João” declarou.

As declarações surgem em meio a rumores cada vez mais defendidos por aliados de ambos os lados sobre uma possível composição visando 2022.

PB Agora

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe