Falta de unidade do PT ‘põe em xeque’ apoio a RC; vice-governador diz que sigla deve primeiro pensar em se apoiar para depois decidir o apoio ao Governo

A falta de unidade ainda existente dentro da cúpula petista no Estado da Paraíba pode por ‘em xeque’ o entendimento com o governador eleito Ricardo Coutinho (PSB) pelos próximos quatro anos. Em entrevista ao programa Rádio Verdade, do Sistema Arapuan FM, o vice-governador Luciano Cartaxo (PT) alfinetou a precipitação de alguns partidários em anunciar apoio ao bloco governista.

“Antes de tomarmos qualquer decisão, devemos primeiro pensar em unificar o PT, primeiro temos que nos apoiar para depois pensarmos em apoiar o Governo ou a oposição”, alfinetou Cartaxo.

Eleito deputado estadual nas eleições do ultimo dia 03 de outubro, Cartaxo ressalta que apesar de compor a base do PT que apoiou a candidatura de José Maranhão, existe dentro do partido uma ala que sempre apoiou a candidatura de Ricardo Coutinho, a exemplo do deputado federal reeleito Luiz Couto.

“É notório que existe um processo de divisão desde o inicio da campanha, então vamos nos reunir para começar a pensar em um processo de amadurecimento”, defendeu.

Conforme o vice-governador, a reunião da cúpula está prevista para a próxima semana.

“Precisamos primeiro nos entender, depois disso tomaremos uma decisão concreta. Temos que buscar o entendimento e fazermos um esforço buscando o mínimo de unidade, não adianta o presidente da sigla chegar e dizer vai ser isso e acabou-se, nós vamos tomar uma decisão de consenso”, falou.
 

 

PB Agora

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Análise: Virgolino levanta suspeita sobre arrombamento de escritório de RC

O deputado estadual Wallber Virgolino sugeriu nesta terça-feira (20/08) que o Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco) proceda a investigação sobre o arrombamento do escritório do…

Ricardo Barbosa aponta Cida e Estela como estopim da crise no PSB

As deputadas Cida Ramos e Estela Bezerra voltaram a ser apontadas pelo líder do Governo João Azevêdo na Assembleia Legislativa da Paraíba, Ricardo Barbosa, como as responsáveis por provocar o…