A Paraíba o tempo todo  |

FAC entrega financiamentos

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

O Governo do Estado da Paraíba, através da Fundação de Ação Comunitária (FAC), entregará no próximo dia 20, mais 160 financiamentos do Projeto Microcrédito, a beneficiários inscritos nos municípios de Alagoinha, Boqueirão, Campina Grande, Gurinhém, Guarabira, Itaporanga, Itabaiana, Patos e Picuí.

Sexta-feira passada, a nova gestão da FAC, sob a presidência de Lúcia Navarro Braga, entregou 76 financiamentos a pessoas inscritas em João Pessoa, Santa Rita, Cabedelo, Bayeux e Lucena.

Segundo informações da diretora de Emprego e Renda, da Fac, Lígia Borges de Miranda Ribeiro, os agentes de crédito do órgão estão visitando os municípios que serão beneficiados, para renovação de crédito e no lote entregue no dia 20, poderão ser acrescidos mais cinqüenta contratos de financiamentos. “Desde a semana passada que eles iniciaram as visitas e estamos buscando formas de aumentar cada vez mais o número dos financiamentos”, anunciou.
 

A presidente da Fac, Lúcia Navarro Braga, considerou o Programa Microcrédito, como um de maior importância entre os demais desenvolvidos pelo órgão. “Nos alegra saber que um programa que foi criado por nós, quando ainda levava o nome de Propene, na antiga Funsat, sobrevive até hoje, beneficiando famílias, oferecendo melhores condições de vida, enfim promovendo cidadania”, acrescentou. Ela disse que a proposta é garantir a fiscalização permanente, para que o financiamento atinja realmente os objetivos da promoção humana.

PEQUENO NEGÓCIO – O Microcrédito é um programa de incentivo às pessoas de baixa renda que queiram montar um pequeno negócio, ou injetar recursos no que já existe. Foi criado em 1993 e até o moento já beneficiou dezenove mil pessoas na Paraíba, totalizando recursos na ordem de R$ 32 milhões.

O financiamento pode ser individual ou de grupos solidários. O financiamento é a partir de R$ 300,00 até R$ 8 mil, calculado a juros de 0,85%. “ Se o beneficiário pagar antecipado receberá bônus nos juros. Quem paga corretamente, tem o direito de renovar o contrato”, informou Lígia Borges. Segundo ela, só após a série de visitas dos agentes de créditos, para a avaliação sócio-econômica, é que será possível novos atendimentos. “Estamos investindo na agilização destas visitas, para que em poucos dias, retomemos o atendimento a novos financiamentos” disse ela. No momento estão sendo atendidos beneficiários inscritos no ano passado.

Secom

 

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe