Por pbagora.com.br

A Executiva estadual do PPS decidiu por unanimidade que a presidência do partido na Paraíba será assegurada ao ex-governador Cássio Cunha Lima (PSDB) em caso de filiação do tucano na legenda.

A decisão tomou com base o desejo da direção estadual em filiar o ex-governador no PPS. Vários convites já foram feitos, inclusive, com aval do presidente nacional da legenda, deputado Roberto Freire (PE).

Cássio Cunha Lima está reivindicando a presidência do PSDB, mas o senador Cícero Lucena, presidente da legenda na Paraíba, ainda não deu sinal de que repassaria o cargo para o tucano.

Ambos tem uma reunião nesta sexta-feira.

PB Agora
 

Notícias relacionadas

Efraim já contabiliza apoio de 83 prefeitos paraibanos na corrida para o Senado

O deputado federal Efraim Filho (DEM) recebeu o apoio de mais três prefeitos engajados no seu projeto de eleição para o Senado Federal nas eleições de 2022, contabilizando agora a…

Bruno defende volta de Cássio à cena política: “Tem importância e grandeza”

Bruno Cunha Lima (PSD), prefeito de Campina Grande, defendeu, durante entrevista nesta quinta-feira (13), que o ex-senador Cássio Cunha Lima (PSDB) seja candidato nas eleições do ano seguinte. Ele cogita,…