Por pbagora.com.br

A Executiva estadual do PPS decidiu por unanimidade que a presidência do partido na Paraíba será assegurada ao ex-governador Cássio Cunha Lima (PSDB) em caso de filiação do tucano na legenda.

A decisão tomou com base o desejo da direção estadual em filiar o ex-governador no PPS. Vários convites já foram feitos, inclusive, com aval do presidente nacional da legenda, deputado Roberto Freire (PE).

Cássio Cunha Lima está reivindicando a presidência do PSDB, mas o senador Cícero Lucena, presidente da legenda na Paraíba, ainda não deu sinal de que repassaria o cargo para o tucano.

Ambos tem uma reunião nesta sexta-feira.

PB Agora
 

Notícias relacionadas

Opinião: isolado no MDB, Nilvan deve migrar para o PSDB a convite de Pedro

Aprendi, desde cedo, que dependendo do caso, somar ou multiplicar é mais viável que subtrair. Então, tendo a chance de trazer uma quantidade maior de números para certa finalidade, como…

Esquerda forma frente anti-Bolsonaro que pode virar aliança para 2022 na Paraíba

Quem pensar que os partidos de esquerda estão desarticulados entre si, na Paraíba, está enganado. Há mais de dois meses, sete deles – PT, PSB, Psol, PC do B, UP,…