Por pbagora.com.br

 O ex senador da Paraíba Wilson Santiago (PTB-PB) deve ser nomeado para o cargo de vice-presidência do Banco do Brasil, no lugar de Valmir Campel. A informação foi divulgada pela coluna Painel da Folha de São Paulo.

Segundo a Folha, o Palácio do Planalto está preocupado com a vitória magra na aprovação do primeiro item do ajuste fiscal, e por isso, decidiu ampliar o espectro de busca por votos, nomeando inclusive, lideranças de partidos que não marcharam unidos nas eleições do ano passado.
Com esse pensamento, o governo deve nomear, Wilson Santiago (PTB-PB) para uma vice-presidência do Banco do Brasil, no lugar de Valmir Campelo. Candidato a senador em 2014, Santiago formou chapa com o PSDB e subiu ao palanque de Aécio.

Wilson Santiago também é presidente estadual do PTB e pai do deputado federal Wilson Filho (PTB) que votou favorável a Medida Provisória 665/14, que torna mais rigoroso o acesso a direitos trabalhistas ao alterar regras de concessão de benefícios como seguro-desemprego.

O Palácio do Planalto espera que 150 cargos federais nos Estados, cobiçados pelos parlamentares em suas bases, sejam “descarregados” nesta semana. As informações foram publicadas na edição deste domingo (10), da coluna Painel da Folha de São Paulo.
Vale lembrar que quando exerceu o mandato de deputado federal e de senador, Wilson Santiago foi aliado do Palácio do Planalto, tendo votado a favor de projetos do então presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), e, posteriormente, da presidente Dilma Rousseff (PT).

 

Redação com coluna Painel

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Reta final: candidatos que disputam 2º turno em JP buscam votos de indecisos

No próximo domingo (29), mais de 520 mil eleitores de João Pessoa, vão eleger o futuro prefeito da Capital para os próximos quatro anos. João Pessoa é a única das…

“Esse é o momento em que se deve ter espírito público” diz Aguinaldo sobre priorização da reforma Tributária

O deputado federal e relator da reforma Tributária, Aguinaldo Ribeiro (Progressistas), defendeu, durante entrevista à CNN na noite dessa quinta-feira (26), um direcionamento por parte do governo federal para que…