Uma decisão do Tribunal de Justiça pode tirar a ex-prefeita de Pombal, Pollyanna Dutra das eleições de 2018. Cotada para ser candidata a deputada estadual pelo PSB, Pollyana foi condenada pela prática de improbidade administrativa.

 

A decisão de segunda instância, publicada no Diário Eletrônico do órgão, pode impedir a participação da política no pleito de 2018. Ela já havia sido condenada em primeira instância e a sentença foi mantida. 

 

“Pagamento de salários a servidores ocupantes do mesmo cargo com diferenciação superior a 200%. Malversação do princípio do concurso público. Contexto que perdurou por mais de três anos. Dolo genérico configurado. Dever de realização de concurso público”, destaca a ementa do acórdão.

 

Redação com Os Guedes

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Senado também aprova uso de leitos privados por pacientes do SUS

O pioneirismo da lei 11.686/2020, de autoria do deputado Wilson Filho (PTB), que permite ao Governo do Estado internar pacientes do SUS com coronavírus e suspeita de infecção pelo vírus…

Apesar de estar excluído do Planalto, Julian poupa Bolsonaro e responsabiliza filhos do presidente por escândalos na gestão

O deputado federal Julian Lemos, que segue na base do Governo, defendeu a ação do Supremo Tribunal Federal (STF) em autorizar operação da Polícia Federal de enfrentamento às fake news,…