Após decisão unânime do Supremo Tribunal Federal (STF), os ex-governadores da Paraíba não terão mais direito a aposentadoria.

É que o STF julgou procedente a ação direta e declarou a inconstitucionalidade do §3º do artigo 54 da Constituição do Estado da Paraíba.

De acordo com o artigo, “cessada a investidura no cargo de Governador do Estado, quem o tiver exercido em caráter permanente fará jus a um subsídio mensal vitalício, a título de pensão especial, paga com recursos do Tesouro Estadual, igual ao do Chefe do Poder Executivo”.

Com a decisão, perdem o benefício todos os ex-governadores incluindo Roberto Paulino, Cícero Lucena, José Maranhão, Cássio Cunha Lima e Wilson Braga além do governador Ricardo Coutinho quando deixar o mandato em dezembro.

Redação

 


Saiba mais sobre Certificação Digital no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas Certificação Digital. Entre em contato através do WhatsApp (83) 9 93826000

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Análise: Virgolino levanta suspeita sobre arrombamento de escritório de RC

O deputado estadual Wallber Virgolino sugeriu nesta terça-feira (20/08) que o Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco) proceda a investigação sobre o arrombamento do escritório do…

ALPB vai a Cajazeiras e realiza homenagens no aniversário da cidade

A Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) realizará sessão itinerante, nesta quarta-feira (21), no município de Cajazeiras, no Sertão do Estado. Os trabalhos serão abertos às 14h com uma sessão ordinária,…